in

Encontramos as mensagens escondidas no clipe de The Man, da Taylor Swift

Teve shade para Scooter Braun, possível data de novos lançamentos e Taylor caracterizada como homem. Vem assistir!

Antes tarde do que nunca! Após muitos pedidos dos fãs, Taylor Swift lançou The Man como single e se transformou em um homem na caracterização para o clipe, ficando irreconhecível. Como já é esperado pelos swifties, Tay encheu a produção de easter eggs e shades para Scooter Braun, com quem teve uma briga no último ano por conta dos direitos de seus álbuns.

Podemos começar reparando em como a Taylor ficou incrível com a maquiagem? Teve muito fã que ficou esperando uma aparição da loira e só descobriu que era a própria cantora o tempo todo no fim do vídeo, quando os créditos mostraram a caracterização sendo feita. Olha só o processo e o resultado:

Já no começo do vídeo é possível ver uma referência ao filme O Lobo de Wall Street, protagonizado por Leonardo DiCaprio, que é citado na canção de Tay: “Eu seria como o Leo, em Saint-Tropez”, diz a letra, se referindo as festas que o ator dá na cidade francesa. Dá uma olhada na comparação das duas cenas:

Na cena do metrô, o homem do vídeo mostra mais traços de sua personalidade, se sentando com as pernas abertas e fumando em cima de outras pessoas sem se preocupar com o incomodo que está causando. Os jornais e anúncios também mandam algumas mensagens. Um deles diz: “São homens contra garotos, sem mulheres por perto”, enquanto outra manchete fala sobre relacionamentos na mídia: “Qual homem ganhou em namoro de celebridades?”, mostrando que caras são exaltados por seus relacionamentos e as mulheres são julgadas, como Taylor tem sido por anos.

Scott Borchetta não foi esquecido na hora dos shades. Taylor colocou um pôster com a frase “Chefe Scott, capitaliza o sentimento”, se referindo ao caso em que seus álbuns foram vendidos junto com a gravadora Big Machine Records para Scooter Braun, sem que Scott sem importasse com o que aquilo significava para ela.

E falando em seus álbuns, o nome de cada um deles está escrito na parede ao lado de um cartaz de desaparecidos. “Se encontrar, devolva a Taylor Swift”, diz a mensagem. O número de sorte da loira também está presente na cena, acompanhado da palavra “karma” que está escrita duas vezes, assim como o nome do 1989. O cartaz do documentário traz “Tyler Swift em Mr. Americana”, mostrando o protagonista homem estrelando o longa.

Quer mais shade? Uma placa aponta que é proibido patinetes, que em inglês significam Scooter! Hahaha. (P.S. os fãs repararam que ela ficou bem parecida com Jake Gyllenhaal, seu ex-namorado, no pôster do filme).

Após isso, o cara aparece cuidando de sua filha, ou seja, fazendo sua obrigação de pai. Mulheres fazem o mesmo e não recebem essa atenção e reconhecimento. Mas é claro que ele é exaltado por isso e todos aplaudem, se esquecendo de suas atitudes ruins. Na cena seguinte, ele está em uma festa se gabando por ficar com modelos.

Já a cena do jogo de tênis trouxe uma participação do pai de Taylor! A situação é uma referência a Serena Williams, que foi punida por sua reação em um campeonato, diferente de homens, que quando tem a mesma resposta de Serena, são apenas chamados de apaixonados pelo esporte. A cantora curtiu um post no Tumblr confirmando a teoria.

Teve gente que também reparou que o corredor do vídeo se parece bastante com o corredor da casa de Kanye West, será? Outras pessoas perceberam como têm 19 mãos nessa mesma cena, e Taylor curtiu uma teoria que confirma que isso faz referência a alteração na décima nona emenda na constituição dos Estados Unidos.

Taylor ainda brincou com os swifties em uma piada interna do fandom. No último ano, a cantora postou uma foto atrás de uma cerca e os fãs contaram os buracos achando que seria uma regressiva para o lançamento de alguma novidade do novo álbum! Olha o post que ela curtiu no Tumblr:

Ao fim do vídeo, Tay aparece, como ela mesma, nos bastidores, e pede para que a versão masculina dela faça algumas coisas diferenças no próximo take: “Você pode tentar ser mais sexy? Talvez mais agradável dessa vez?”, disse a cantora. A voz do homem é feita por Dwayne Johnson. Reparou?

Vale destacar que o vídeo foi dirigido, estrelado e escrito pela cantora. E a Taylor faz tudo! Hahaha.

Ainda na cena do metrô, vemos a data 20 de julho no pôster de um filme. Será que tem novidade vindo por aí?

 


Veja mais em Caprixo

Bruna Marquezine comenta fala de Manu Gavassi considerada racista

BTS lança mv épico para ON, single do álbum Map Of The Soul: 7