in

Sirus Hood compartilha suas 5 melhores experiências no Brasil – News

Sirus Hood tem sangue argelino, fez seu nome pela França, mas dá pra dizer sem medo que o Brasil tem um espaço especial no seu coração.

O DJ e produtor hoje é conhecido nos quatro cantos do globo, mas mantém presença constante pelas pistas brasileiras, com passagens já por Green Valley, El Fortin, Tribe Festival, ZOOminimal e diversos outros eventos de grande porte.

Porém, a fase atual marca um momento de transição sonora do artista. Depois de assinar lançamentos com Bunny Tiger, Dirtybird, CUFF e LouLou Records, chegou a hora de ser apadrinhado pega gigante Hot Creations.

Seu novo EP, Rip Tide, produzido a quatro mãos com Paco Wegmann, demonstra uma sonoridade mais séria e intensa.

Os BPMs subiram bastante em relação aos seus releases anteriores e parecem ter agradado a muitos artistas ao redor do globo, com suportes positivos de Claptone, Solardo, Nina Kraviz, Amine Edge & Dance, entre outros.

Nós aproveitamos o novo lançamento para também convidá-lo a compartilhar quais foram seus momentos preferidos aqui no Brasil.

Tem história com a Copa do Mundo, pão de queijo, e Guaraná Pureza na lista!

1
Primeira Gig no Brasil

Foi em 2014 e ficou marcada como uma das melhores experiências da minha vida.

Foi na festa Live Music & Friends e era a primeira vez que estava tocando para tantas pessoas.

Fiquei impressionado com a energia da pista, tive a sensação que eu era um jogador de futebol em um estádio, marcando um gol a cada drop.

Também percebi que as pessoas já conheciam as minhas músicas.

Você precisa saber que antes disso eu passei anos trancado no meu estúdio produzindo essas faixas, sem ter a mínima ideia de que elas faziam sucesso no Brasil.

2
Pão de Queijo

Todos que me seguem no Instagram sabem o quanto sou obcecado por pão de queijo.

Quando estou no Brasil, como pão de queijo todas as manhãs.

Quando vou embora, levo o máximo que conseguir. Gosto dele quente e macio.

O melhor que já experimentei foi no aeroporto de Floripa, mas já ouvi dizer que os melhores estão em Minas Gerais.

Quero muito prová-los!

3
Pão de Açúcar

Não estou falando sobre comida, como alguns podem pensar. Falo sobre a montanha no Rio de Janeiro e a incrível vista panorâmica de toda a cidade.

Para falar a verdade, eu não gosto de teleféricos, mas o tempo estava incrível e eu tinha que visitar esse patrimônio mundial.

Algo que eu não planejei quando estava lá em cima: o clima noturno.

Logo após o pôr do sol, começou a ficar muito escuro e o tempo ficou selvagem, choveu muito forte, deu uma grande tempestade e todos tentaram escapar, mas a fila para os teleféricos estava longa.

Depois de esperar um tempo, finalmente entrei no teleférico, na escuridão total após um raio atingir a cabine e as pessoas começarem a gritar.

A única pessoa calma era o motorista do teleférico. Eu estava rindo muito, é o que faço quando fico com medo [risos].

4
Tocar para 10.000 pessoas durante o jogo de abertura da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2018

A festa era a Low Session e eles colocaram o jogo para passar durante o meu set no telão atrás de mim. Eu só soube disso algumas horas antes do set.

Foi um privilégio enorme para mim, pois raramente isso acontece na carreira de DJ.

Corri para uma loja, comprei uma camiseta da seleção brasileira e uma bandeira.

Lembro que era feriado e a maioria das lojas estavam fechadas, mas eu consegui encontrar tudo.

Há algo que você precisa saber: quando eu era criança, meu ídolo era o Ronaldo, a lenda brasileira.

Então, quando a seleção brasileira fez um gol, todos estavam gritando, eu balancei a bandeira brasileira e os confetes verde e amarelo explodiram na galera.

A energia era incrível, eu estava me sentindo como se fosse o próprio Ronaldo quando eles ganharam Copa do Mundo em 1994.

5
Guaraná

Todos no Brasil conhecem Guaraná, mas nem todos conhecem o melhor Guaraná.

Ele é de Santa Catarina e é chamado de Guaraná Pureza.

No começo dos anos 90, antes de se tornar um refrigerante, era uma cerveja.

É o Guaraná mais puro que eu já experimentei e o sabor é tão bom, principalmente na garrafa de vidro, mas é difícil de encontrar.

Meu sonho é visitar a fábrica do Guaraná Pureza.

Photo: Sirus Hood by Justin Prinz 2020

Load the next article


Veja mais em Mixmag

TRIBE Festival libera o lineup completo para edição de 20 anos

Conheça o Neopop, maior festival de música eletrônica de Portugal