in

Duas noites de gala se aproximam no Clube Inbox, em Curitiba

Duas noites de gala se aproximam no Clube Inbox, em Curitiba

Duas noites de gala se aproximam no Clube Inbox, em Curitiba

Na sexta (13), Colyn da Afterlife, no sábado (14), Toman da PIV; saiba todos os detalhes!

por Maria Angélica Parmigiani

O final de semana será intenso em Curitiba. No dia 13 de março, o Clube Inbox recebe a festa assinada pela Jägermeister apresentando a estreia de Colyn, artista que integra a gigante Afterlife. Já no sábado (14) outra estreia de peso: o holandês Toman assume os decks em noite assinada pelos coletivos Plantae e Lucid, evento que inicia as 14h e deve terminar apenas às 8h do dia seguinte.
Colyn
O artista que faz as honras de sexta faz parte de um time que tem feito passagens meteóricas por onde passa: o selo Afterlife. Colyn é holandês e embora seja um talento novo, ele se dedica incessantemente ao que faz. O ponta pé se deu quando a dupla Tale of Us começou a tocar suas músicas com certa periodicidade. A faixa “Amor” teve suporte não só deles, mas também de Mind Against, Fideles, Mathame, Vaal, Kevin de Vries e Joris Voorn.

Além disso a faixa apareceu nas playlist de Kölsch e Rüfüs Du Sol. Não demorou muito para que ele lançasse um EP pelo selo italiano, “Resolve” conta com 4 faixas e rendeu apoio de alguns nomes de peso: Solomun, Adriatique, Damian Lazarus, Stephan Bodzin, Artbat, Patrice Bäumel, Fideles, Konstantin Sibold, Kevin de Vries e outros.

Além da gig no Clube Inbox, ele se apresenta também no primeiro showcase da Afterlife no Brasil que rola sábado (14), na ARCA em São Paulo, com Tale Of Us, Adriatique, ANNA e Denis Horvat.
Toman
Desde que começou a carreira, o DJ e produtor holandês Toman não parou mais e hoje tem na bagagem lançamentos assinados por labels como Cyclic, We R House, META, No Art, PIV, Blind Vision e faixas que permaneceram presentes nas charts do Beatport.

Todo esse crescimento é atribuído ao foco em relação ao contínuo trabalho e a energia colocada nisso desde muito novo. Toman começou a jornada tocando bateria, uma base potente para qualquer começo na música eletrônica; em seguida caiu nas graças do gênero, citando Underworld, Minilogue, and Terry Lee Brown Jr. como algumas de suas principais referências, moldando seu gosto que hoje transita entre Minimal, Tech House, House e sonoridades mais profundas.

Seus EPs já receberam suportes de ótimos artistas como Archie Hamilton, Terry Francis, Roger Gerressen, Dorian Paic, Traumer e outros, além disso, ele conta com algumas gigs importantes que demandaram grande responsabilidade como Watergate, Shelter, Awakenings e Straf_werk Festival.

Antes de sua apresentação no Clube Inbox, Toman toca no At Home em Itajaí, festa promovida pelo núcleo catarinense Seas na quinta-feira (12).


Veja mais em DJMag

Leo Diniz fala sobre a MIAL, sua nova label party que estreia dia 13 no D-EDGE

RIP Pitchulo! Gabi tem um novo confidente no BBB20 (e não é um brother)