in

DJs em quarentena na Itália querem fazer o set mais longo da história

Epicentro do maior surto de COVID-19 registrado no mundo, a cidade de Milão, na Itália, pode se tornar palco do novo recorde de DJ set mais longo da história. Em meio às medidas de supressão adotadas pelo governo local, DJs que vivem nas residências do centro cultural Tempio del Futuro Perduto se uniram na missão de atingir a marca de 340 horas ininterruptas de música, através da iniciativa Musica in Quarantena (música em quarentena).

O recorde atual pertence ao nigeriano DJ Obi, que tocou por 240 horas em 2016. Segundo os organizadores, se a marca for atingida, será dedicada aos profissionais de saúde italianos, que trabalham na tentativa de salvar vidas durante a pandemia. O set está rolando desde 21 de março e conta com livestreams no YouTube, uma vez que o centro cultural não pode recebê-lo. A ideia é encerrar o set à meia-noite do dia 03 abril (20h em Brasília), quando a marca de 340 horas será completada.

https://www.youtube.com/watch?v=K6l7l-2kbFw

As lives também mostram depoimentos via telefone de profissionais ao redor do mundo sobre como o vírus impactou a comunidade de música eletrônica. Participam DJs como Enrico Sangiuliano, Lele Sacchi e Fabrizio Rat, além de promotores de eventos em Berlim, Paris, Amsterdã, Londres, Xangai, Hong Kong, São Paulo e Miami.

É possível acompanhar atualizações sobre a iniciativa no evento do Facebook.

LEIA TAMBÉM:

Veja mais em Phouse

Label de Vintage Culture lança iniciativa solidária

BBB20: Daniel diz que está triste com Rafa e recebe boleto das estalecadas