in

Festival para celebrar o eclipse chega à América Latina

Imagina o seguinte: você está curtindo uma rave e no meio do rolê todo mundo para a fim de contemplar um fucking eclipse. Incrível, né? É exatamente isso que rola no Global Eclipse Gathering, festival idealizado pelos mesmos organizadores do americano Symbiosis Gathering, e produzido em parceria com diversos outros festivais.

Neste ano, entre 10 e 16 de dezembro, ele será realizado pela primeira vez na América Latina — mais especificamente na província de Neuquen, na Patagônia argentina. Esta é a quarta edição do festival, que também já ocorreu na Austrália, na Turquia e nos Estados Unidos, sempre disponibilizando acampamento em locais e datas que possibilitem a visualização do eclipse solar total.

Exceto o próprio Symbiosis, todos os outros festivais parceiros para esta edição são da América Latina, vindos de Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, México, Panamá, Peru e República Dominicana. Pulsar, Universo Paralello e Voodoohop são os brasileiros envolvidos na produção.

Segundo Felipe Cintra, um dos produtores do Universo Paralello — que integra o Global Eclipse pela terceira vez —, as parcerias ocorrem por conta das dificuldades logísticas que envolvem a organização do evento. “É desafiadora toda a operação, então para torná-lo realidade, é necessária essa cooperação entre as crews”, contou à Phouse.

“É um festival que a gente não cobra caro para ir tocar, o que a gente puder ajudar com aparato a gente ajuda. Todas as edições do Eclipse acontecem em lugares inabitáveis. Na Patagônia nunca rolou um festival desse antes, só vai acontecer agora por causa da localização geográfica e do eclipse”, complementou Cintra. 

O lineup não foi divulgado até este momento. Informações sobre ingressos e outros detalhes do festival estão disponíveis no site oficial.

* Matheus Mariano é colaborador da Phouse.


Veja mais em Phouse

Chemical Surf fala sobre expectativa para o Ultra Miami

Major Lazer lança EP para o Carnaval; escute “Soca Storm”