in

Elon Musk alfineta Coachela e sugere criar rave underground em Berlim

Fortemente ativo em sua conta com mais de 30 milhões de seguidores, Elon Musk já se envolveu em algumas polêmicas no Twitter. Agora, em meio aos rumores sobre o adiamento do Coachella 2020 para outubro (antes da confirmação oficial), o CEO de companhias como Tesla e SpaceX aproveitou para manifestar sua opinião sobre o prestigiado festival californiano.

“O Coachella deveria ser adiado até deixar de ser uma merda”, afirmou o sul-africano. “Ter muitos patrocínios corporativos matou a vibe”, adicionou Elon. Em seguida, o excêntrico empresário completou: “Já foi bom, talvez há cinco ou seis anos, quando você poderia descobrir e encontrar grandes bandas desconhecidas”. Dias antes, ele já havia dito que o pânico com o coronavírus é “idiota”.

O perfil do Coachella respondeu às críticas com uma foto de Jaden Smith cantando em cima de um carro da Tesla durante o festival, fazendo o multibilionário, que recentemente se arriscou na produção de música eletrônica, se render: “Ok, beleza, isso foi legal”, disse. 

Musk aproveitou para fazer uma enquete questionando a opinião das pessoas sobre a possibilidade de ele criar um espaço subterrâneo em uma futura fábrica da Tesla em Berlim, para abrigar raves “com um sistema de som épico e woofers do tamanho de um carro”. Mais de 90% da galera gostou da ideia, fazendo-o declarar: “O povo se manifestou!”.

Vindo do cara que quer colonizar marte e mandou um carro para o espaço, não dá para duvidar.

+ LEIA TAMBÉM: Elon Musk se arrisca na música eletrônica


Veja mais em Phouse

10 nomes do palco eletrônico do Lollapalooza Brasil para ficar de olho

Veja um vinil girar ultra rápido até se desintegrar (video) – Blog