in ,

Britney Spears detona a irmã Jamie Lynn após entrevista polêmica: “Nunca teve que trabalhar pra nada”

Nossa princesinha do pop não leva mais desaforo pra casa! Após Jamie Lynn Spears chorar ao falar da relação com a irmã, Britney rebateu os comentários feitos por ela. Nesta quinta-feira (13), a cantora contou que estava doente ao assistir a entrevista de Jamie Lynn e criticou as falas, além de, novamente, afirmar que teve a vida destruída pelos familiares.

Britney iniciou o desabafo contando que estava com febre, dor de cabeça e não tinha nenhum remédio em casa para aliviar o mal estar. Ainda, o segurança negou seu pedido para ir na farmácia, alegando que não podia deixar a propriedade. “Bom, olhei no meu celular e vi que minha irmã fez uma entrevista para divulgar seu livro, eu assisti com febre alta e na verdade foi bom estar com febre, porque eu tive que me render a não me importar”, escreveu.

“Eu simplesmente não dava a mínima, mas minha cabeça doía tanto… Claro que sou uma ‘rainha do drama’ se ficar doente, então acho que estava quase morrendo! Estou bem hoje, só dolorida e a febre deixou minha cabeça extremamente sensível! OK, chega de falar da minha experiência… De qualquer forma, as duas coisas que me incomodaram que minha irmã disse foi como meu comportamento estava fora de controle. Ela nunca esteve muito perto de mim nos últimos 15 anos, então por que está falando sobre isso, a menos que ela queira vender um livro às minhas custas. Sério?”, continuou.

Britney e Jamie Lynn Spears. (Foto: Getty)

Em julho de 2021, a caçula dos Spears recebeu o unfollow de Britney no Instagram, após diversas alfinetadas da diva. No ano passado, a cantora chegou a atacar a irmã diretamente em uma publicação em seu perfil. “Eu não gosto que minha irmã (Jamie) tenha aparecido em uma premiação e apresentado um remix das MINHAS CANÇÕES! Meu chamado ‘sistema de suporte’ me machucou profundamente!”, escreveu Brit na época, referindo-se a um medley de suas músicas que a irmã apresentou no Radio Disney Music Awards de 2017.

Agora, Britney falou sobre isso mais uma vez: “Então, onde a senhora mencionou que eu a acusei de fazer remixes das minhas músicas… Eu sei que pode parecer uma coisa boba para a maioria das pessoas, mas eu escrevi muitas das minhas canções e minha irmã era apenas um bebê. Ela nunca teve que trabalhar para nada. Tudo sempre foi dado a ela!”. 

Continua depois da Publicidade

“Treze anos depois eles me designam como a ‘mãe de todos’, Britney coração de ouro, está sentada lá assistindo a uma performance de 15 minutos. Mas veja, eu sempre fui a pessoa maior. A última coisa que eu faria era pedir o que lhe foi dado! Portanto, sim, arruinaram os meus sonhos. Me lembro de perguntar à minha irmã por que é que ela fez isso quando sabia que eu estava prestes a mudar o meu show e as suas únicas palavras foram: ‘Bem, a ideia não foi minha’”, explicou.

Jamie Lynn Spears Britney
Relação de Britney e Jamie Lynn se tornou conturbada nos últimos anos. (Foto: Getty)

Finalizando o desabafo, Britney desejou que a irmã consiga vender o livro, intitulado “Things I Should Have Said” (“Coisas que deveria ter dito”, em português), e revelou que pretende se afastar do Instagram por um tempo. “Espero que seu livro se saia bem, Jamie Lynn! Eu vou sair do Instagram por um tempo. A mídia, esse negócio sempre foi extremamente odioso para mim. Já dei o suficiente, mais do que o suficiente. Pra mim nunca aconteceu o que eles dizem na Bíblia: ‘Peça e você receberá’. Não na minha vida! Minha família arruinou meus sonhos 100 bilhões por cento e tenta me fazer parecer louca enquanto estou com febre alta, não podendo me mexer na cama! Minha família adora me puxar para baixo e me machucar sempre, então tenho nojo deles!”, concluiu.



Veja mais em HugoGloss

TikToker é morto, aos 28 anos, após briga com namorado nos EUA, e motivo choca os fãs

Priyanka Chopra abre o jogo após boatos de crise no casamento com Nick Jonas: “Sentimento muito vulnerável”