in

BBB20: Polícia Civil está investigando acusações de assédio contra Pyong

O hipnólogo protagonizou casos de abuso sexual na última festa do programa

Os casos de assédio de Pyong Lee no BBB20 ganharam um novo capítulo. De acordo com o UOL, a Polícia Civil do Rio de Janeiro está investigando o hipnólogo pelas acusações de abusos sexuais que ele praticou dentro do reality show.

pyong-bbb20 A Polícia Civil está investigando o hipnólogo pelas acusações de abusos sexuais

A Polícia Civil está investigando o hipnólogo pelas acusações de abusos sexuais (Reprodução/Globo)

“De acordo com informações da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, foi realizado um registro para apurar os fatos veiculados na mídia”, informou a assessoria da Polícia. O DEAM também é o orgão responsável pela investigação de Petrix Barbosa, também acusado de assédio no programa.

No último sábado (8), durante a festa Guerra e Paz, Pyong tentou beijar e agarram Marcela, deu um tapinha no quadril de Flayslane e ficou de mão-boba para cima de Ivy. As tags #ForaPyong e #PyongExpulso ficaram entre os trending topics do Twitter.

Na segunda-feira, a aeromoça Débora Welker acusou o youtuber de ter sido manipulador e de tê-la chantageado para que eles continuassem tento um caso mesmo depois que ele revelou a ela, depois que tinham ficado, que tinha namorada.




Veja mais em Caprixo

Oscar: Por que Cameron Boyce e Luke Perry não apareceram em homenagem?

BBB20: Bianca diz que Diogo Melim escreveu música para ela