Resiliente, Vix Russel faz parte da narrativa de brasileiros que emergem apesar das dificuldades sociais. A goiana, radicada em Brasília desde muito pequena, encontrou na música uma forma de ecoar o trabalho de artistas negros. Apaixonada por rap, soul, R&B e gospel, a cantora se inspira em personalidades como Nicki Minaj, Alicia Keys e Chris Brown, para conquistar o cenário musical brasiliense. No quesito moda, o estilo da jovem reflete toques de sensualidade.

Vem conhecer!

Na imagem com cor, a cantora brasiliense Vix Russel - Metrópoles
Vix Russel é um dos destaques atuais da cena musical brasiliense

 

O talento musical de Vix Russel surgiu ainda nos períodos escolares. Com o apoio de um colega, a jovem aprendeu a tocar instrumentos e conhecer a própria voz entre as aulas de português e matemática. De forma despretensiosa, ela descobriu que tinha um talento para desabrochar.

“Gravei minha primeira sessão de estúdio ao ganhar um show de talentos da escola. Apesar de ter uma relação muito forte com a música gospel, o rap foi o estilo com o qual me identifiquei”, lembra, em entrevista à coluna.

Assim, Vix Russel entrou cada vez mais no universo da música, com o foco de transformar as vivências e os sentimentos em canções autorais. Apesar da afinidade musical, a cantora encontrou resistência por parte da família quando começou a trabalhar na área.

“Eu fui convidada para me apresentar em outras escolas do DF na época. Acho que foi um dos períodos que mais estive com gás para cantar, mas acabei sendo proibida de sair de casa e tive que interromper o meu sonho”, lamenta.

A volta para a música ocorreu quando Vix Russel já estava na faculdade. Com o apoio de amigos que conheceu no curso de jornalismo na Universidade de Brasília (UnB), a cantora lançou o primeiro EP. “Se eu não me engano, foi em 2019 que a minha música, intitulada Preta, deu uma estourada. Peguei o meu salário inteiro de estágio e enviei para o produtor pagar o estúdio”, recorda.

Na imagem com cor, a cantora brasiliense Vix Russel - Metrópoles
Vix Russel canta desde pequena

 

Na imagem com cor, a cantora brasiliense Vix Russel - Metrópoles
Ela nasceu em Goiânia, mas mora no DF desde a infância

 

Na imagem com cor, a cantora brasiliense Vix Russel - Metrópoles
A cantora está em ascensão

 

Na imagem com cor, a cantora brasiliense Vix Russel - Metrópoles
Na carreira musical, inspira-se também em lendas nacionais, como Mano Brown

Vix Russel na cena musical brasiliense

Desde a adolescência, Vix Russel construiu uma identificação com artistas negras norte-americana. A cantora, inclusive, começou a falar a inglês ao escutar músicas de Nicki Minaj e Justin Bieber.

Como um complemento da música, os looks da cantora mesclam sensualidade e personalidade. “Tenho uma tia bem perua, sabe?! Ela gosta de vestir oncinha, vermelho e salto alto. Então, me inspirei muito nela para criar o meu lado visual”.

Aos 25 anos, após se tornar mãe, Vix Russel prepara um novo retorno para a cena musical brasiliense. A artista é uma das confirmadas no Festival Meskla 2024, que ocorrerá em maio, em Brasília. “Vai ser uma oportunidade para eu compreender que ainda tenho relevância depois de me afastar para cuidar do meu bebê. Estou muito animada, vai ser um show irado”, finaliza.

Na imagem com cor, a cantora brasiliense Vix Russel - Metrópoles
Entre os estilos musicais abordados pela artista, o rap se sobressai

 

Na imagem com cor, a cantora brasiliense Vix Russel - Metrópoles
O estilo de Vix é ousado e marcante

 

Na imagem com cor, a cantora brasiliense Vix Russel - Metrópoles
A jovem tem mulheres negras de relevância como inspiração

 

Na imagem com cor, a cantora brasiliense Vix Russel - Metrópoles
Vix Russel é apaixonada por estampa de onça

 

Brasília Fora dos Padrões

A coluna deu início ao quadro Brasília Fora dos Padrões, como uma extensão da série Moda Brasília. Toda semana, apresentamos pessoas que se destacam pelo estilo próprio, a fim de dar ênfase à moda no Distrito Federal, no Centro-Oeste.

O objetivo é compilar fashionistas que usam o vestuário como uma forma de autoexpressão e autenticidade. Os nomes são selecionados de forma independente pela equipe da coluna. A iniciativa também aborda pautas com temas para além do segmento fashion, como música, entretenimento e arte.


Veja mais em Metropoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *