Neste sábado (20), foi divulgado pelo colunista Leo Dias, do Metrópoles, um vídeo em que Thomaz Costa supostamente aparece perseguindo Tati Zaqui. O registro foi revelado um dia após acusações da ex-peoa de violência doméstica contra o rapaz virem à tona.

Segundo informações do jornalista, o vídeo foi encaminhado pela própria Tati à Justiça, quando registrou um boletim de ocorrência contra Thomaz. Nas imagens, é possível ver um veículo – que ela disse pertencer ao ator – perseguindo a van que a levava para um show em Guarulhos, região Metropolitana de São Paulo.

O carro em questão é um Mustang GT, veículo de luxo e de fácil identificação devido a cor azul e às listras brancas. Ainda de acordo com o Metrópoles, apesar do vídeo não mostrar o rosto do ex-participante de “A Fazenda”, Costa já teria exibido o mesmo carro em suas redes sociais em outras ocasiões. Veja abaixo:

Continua depois da Publicidade

Na denúncia, Zaqui declarou viver um relacionamento abusivo com Costa desde novembro de 2022, época em que o ator teria começado a apresentar comportamento possessivo. Além disso, a cantora disse ter sido vítima de episódios de ciúme excessivo por parte do rapaz, que resultaram em agressões físicas, como “apertões, chutes e bicudas”, além de abuso psicológico.

Em depoimento à polícia, Tati afirmou que Thomaz “chegou a quebrar objetos” e “tentou tapar sua boca para conter os gritos”. Ele também teria disparado xingamentos e ofensas contra a ex-namorada, com quem começou a se relacionar dentro do reality “A Fazenda”, como “Você é pior que put*” e “Você é pior que o demônio”.

Thomaz e Tati Zaqui começaram o relacionamento em “A Fazenda 14” (Foto: Reprodução/R7/PlayPlus)
Continua depois da Publicidade

Nesta sexta-feira (19), Zaqui conseguiu uma medida protetiva contra seu ex-parceiro. O pedido foi concedido pela Justiça de São Paulo, que determinou que Costa deve manter uma distância de pelo menos 500 metros da cantora.

“Entendo assim pertinentes as medidas requeridas de proibição de contato por qualquer meio entre o indiciado a vitima, bem como de ordem de respeito à distância de 500m entre eles, notadamente da residência e local de trabalho da vítima. Intime-se o indiciado para defesa sobre a concessão das medidas protetivas, no prazo de cinco dias, se o desejar”, reforçou trecho do documento, divulgado por Dias.

Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques



Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *