Nesta sexta-feira (4), a tiktoker Mahek Bukhari e sua mãe, Ansreen Bukhari, foram condenadas pelas mortes de Saqib Hussain e Mohammed Hashim Ijazuddin. As duas foram consideradas culpadas por assassinar os homens, ambos de 21 anos, durante uma perseguição de carro em alta velocidade em fevereiro de 2022, na Inglaterra.

De acordo com os documentos da polícia, as vítimas perderam as suas vidas quando foram forçadas a sair da estrada pelo veículo da influenciadora. As autoridades afirmaram que o carro em que os homens estavam “se partiu em dois”. A acusação alegou que eles sofreram uma “emboscada” e foram jogados para fora da rodovia A26, na região de Leicestershire.

A motivação do crime teria uma chantagem feita por Hussain, ex-namorado da mãe. Ele ameaçava vazar uma fita de sexo para expor um caso de três anos com a mulher. Assim, Ansreen e a sua filha planejaram a morte dele e do amigo. A polícia apresentou como prova uma gravação feita por Hussain antes de morrer. Ele estava no banco do passageiro.

No chamado da emergência, ele alegou que estava sendo perseguido por dois carros e que ele foi “jogado da estrada” por assaltantes usando balaclava. Oito réus foram a julgamento e após 28 horas de deliberação, Mahek e Ansreen foram consideradas culpadas de duas acusações de assassinato.

Continua depois da Publicidade

Rekhan Karwan e Raees Jamal, nomes de dois outros réus, também receberam a mesma condenação. Já Natasha Akhtar, Ameer Jamal e Sanaf Gulamustafa foram considerados inocentes de assassinato, mas culpados de duas acusações de homicídio culposo. O único inocentado foi Mohammed Patel.

Relembre o caso

Em fevereiro de 2022, a tiktoker Mahek Bukhari, de 23 anos, e sua mãe, Ansreen Bukhari, de 45, foram acusadas pela morte de dois jovens no Reino Unido. Segundo o The Mirror, a mãe havia sido chantageada pelo amante, Saqib Hussain, de 21 anos. Ele teria dito que vazaria fotos comprometedoras da mulher como vingança. Ele e o amigo, Mohammed Hashim Ijazuddin, perderam a vida.

Saqib e Mohammed dirigiam em alta velocidade pela rodovia A46 em Leicester, na Inglaterra. A Corte teve acesso a uma ligação de um dos rapazes ao serviço de emergência, instantes antes da colisão. No telefonema, Saqib disse que eles estavam sendo perseguidos por homens que usavam balaclavas. “Eu estou sendo seguido por dois veículos. Eles estão tentando me empurrar pra fora da estrada. Eles estão bem atrás. Eles estão batendo muito rápido na traseira do carro. Vou ser empurrado pra fora da pista. Por favor, senhor, eu só preciso de ajuda e estou em perigo. Eles estão tentando me matar. Por favor, eu estou te implorando, eu vou morrer”, disse ao telefone.

Saqib Hussain e o amigo, Mohammed Hashim Ijazuddin, morreram no momento do incidente. (Foto: Leicestershire Police)

Pouco depois, ele gritou e um barulho de uma batida pôde ser ouvido pelo telefone. O veículo colidiu com uma árvore e se dividiu ao meio por volta da meia-noite do dia 11 de fevereiro. Como consequência, o carro ficou em chamas. Os rapazes que estavam a bordo morreram imediatamente.

Continua depois da Publicidade

O telefonema das vítimas pouco antes da colisão fez com que a polícia descartasse a possibilidade de um acidente, conforme retomou o promotor Collingwood Thompson KC. “A ligação levou a uma investigação importante desse caso, que revelou uma história de amor, obsessão, raiva, tentativas de extorsão e, finalmente, assassinato. Isso não foi um acidente, ele sabia o que estava acontecendo com ele”, pontuou ele ao abrir o julgamento. “Ele disse várias vezes: ‘eles vão me empurrar para fora da pista, eles vão me matar’”, acrescentou.

Tiktoker Mata Jovem4
Ansreen, mãe da tiktoker, teria vivido um affair extraconjugal com Saqib por três anos. (Foto: Reprodução/TikTok)

Com o fim da relação de três anos, Saqib teria chantageado Asreen e ameaçado expor as fotos e vídeos que tinha dela. Segundo as alegações, ele ainda teria extorquido a amante e exigido de £2000 a £3000 (cerca de R$ 12,3 mil a 18,5 mil) para não revelar as imagens pesadas em seu poder. A jovem Mahek teria até desabafado com a mãe sobre as cobranças feitas pelo amante da mais velha. No dia 4 de janeiro, a tiktoker sugeriu o que fazer com Saqib. “Em breve vou fazer ele ser atacado por uns caras e ele não saberá que dia que é”, disse ela via WhatsApp.

Diante desse cenário complicado, Mahek teria tramado uma “armadilha” para “silenciar” Saqib e impedi-lo de expor o conteúdo explícito de sua mãe. Nas redes sociais, Mahek ultrapassava 100 mil seguidores apenas no TikTok. Os acontecimentos poderiam respingar na sua visibilidade na Internet. Então, teria surgido a decisão de perseguir o rapaz – o que acabou levando ao final trágico da história.

Tiktoker Mata Jovem5
Para impedir que a mãe fosse exposta, a influencer Mahek Bukhari teria tramado um “ataque”… até que o caso resultou na morte de Saqib e seu amigo. (Foto: Reprodução/Instagram)

Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques



Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *