Uma testemunha ouvida em investigação do incêndio que matou Hugo Sérgio Andrade do Nascimento, de 30 anos, apontou ter visto marcas vermelhas de algo que escorreu do lado de fora do apartamento. Ela afirmou à polícia que acreditava que poderia ser sangue.

O incêndio ocorreu no último sábado (29), no 10º andar de um condomínio da Barra, no Rio de Janeiro. O fisiculturista morreu no local, enquanto a mulher e a filha do homem foram resgatadas. A menina foi levada para o Hospital Municipal Lourenço Jorge e transferida para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro. Ela segue internada e em estado grave.

A esposa do atleta de fisiculturismo, Larissa Mello Viana Silveira, afirmou que o marido teria retirado a filha do casal e a cadela da família do imóvel. No entanto, algumas testemunhas e funcionários do prédio contrariam a versão dada por ela. De acordo com eles, foram os vizinhos que salvaram a filha do casal.

Uma vizinha contou, no depoimento na 32ª DP (Taquara), que acordou com o barulho de móveis quebrando e uma criança gritando por volta das 4 horas da manhã. A pessoa viu as chamas no 10º andar e subiu. Larissa teria pedido ajuda para a testemunha, que abriu a porta do apartamento.

Continua depois da Publicidade

Ao se afastar para respirar na escada, a mulher contou que percebeu que Larissa já tinha descido. Ela diz ter estranhado o fato da mãe não ter esperado o resgate da filha do casal. A menina foi resgatada na cozinha pela testemunha e um motoboy, após as chamas terem sido controladas. Esse homem contou que viu o corpo de Hugo Sérgio caído, entre a cama e a janela do quarto.

De acordo com a síndica do prédio, todos os parâmetros para situações de incêndio foram obedecidos. Além disso, ela alegou que já ouviu relatos sobre brigas do casal anteriormente. Um vídeo divulgado pelo g1 das câmeras de segurança do local mostra o momento em que a mulher do fisiculturista sai desesperada do apartamento. Confira:

Os laudos cadavérico e de perícia de local devem ficar prontos nos próximos dias, enquanto o depoimento de Larissa Mello está marcado para a segunda semana de agosto.

Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques



Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *