Simaria rebateu os rumores de que estaria vivendo um romance com o empresário Ailton Maranhão. Nesta quarta-feira (09), ela respondeu uma caixinha de perguntas enviada por seus fãs, e negou o envolvimento com o goiano. A cantora está solteira desde agosto de 2021, quando terminou seu casamento com o espanhol Vicente Escrig.

No vídeo, Simaria admitiu não conhecer Ailton. “Ô, meu chapa, não sei quem é esse rapaz, não. Já arrumaram tanto noivo pra mim. É cada bofe lindo, é de estrondar o Brasil. É o grito do país!”, ironizou a morena.

Continua depois da Publicidade

Em seguida, a artista brincou ao dar uma bronca. “Toma vergonha, vocês. Me respeite como mulher, rapaz. Onde que vocês já me viram agarrada com ninguém?”, indagou. Assista:

Ailton Maranhão é um conhecido empresário de Goiânia. Ele é dono de bares e restaurantes na capital de Goiás e também é piloto de kart. Em junho deste ano, Ailton virou notícia ao protagonizar uma briga com o ex-BBB Dhomini, de quem é sócio.

No mês passado, Simaria já havia sido questionada sobre seu status de relacionamento. Ela, entretanto, garantiu estar mais solteira do que nunca. “O coração está super tranquilo, dedicado somente aos meus dois filhos. Estou fechada para balanço. Estou criando e compondo, escrevendo, fazendo o que sempre fiz”, esclareceu.

Simaria e Vicente com os filhos. (Foto: Reprodução/Instagram)

A compositora se separou de Escrig em 2021. Eles ficaram juntos por 14 anos, e tiveram dois filhos juntos, Giovanna e Pawel. Atualmente, Vicente responde por processos movidos pela ex-mulher: um sobre o valor da pensão alimentícia das crianças, e um outro em que Simaria o acusa de roubar aproximadamente R$ 5 milhões de suas contas bancárias.

Em um bate-papo com Leo Dias, o empresário negou a acusação e afirmou que foi a cantora que se negou a dividir os bens conquistados durante o relacionamento. “Ela não quis deixar nada para mim. E eu pensei: ‘Fica com tudo. Casas, carros, empresas’. Só estava preocupado com a minha filha, que ainda era muito pequena”, alegou.

Ainda sobre a acusação de golpe, Escrig disse que precisou se endividar para bancar advogados de defesa, pois “saiu sem nada” do casamento. O espanhol afirma que não tem mais condições de pagar a quantia da pensão estipulada em 17 salários mínimos, ou R$ 22.440, segundo o R7. “Nunca vou deixar de passar grana para os meus filhos, mas dentro do que eu acho que deva ser pago. Você conhece alguma criança que consuma R$ 34 mil por mês?”, disse ele em entrevista ao “Domingo Espetacular”.

Continua depois da Publicidade

“Posso ir para a cadeia, mas quero que as pessoas saibam detalhes da minha separação. Todos eles, inclusive os mais repugnantes”, ressaltou Vicente. Nas próximas semanas, ele pretende lançar o livro “Até Que a Mentira Nos Separe“, que já ganhou notoriedade após declarações polêmicas que foram cedidas a Leo.

Terapia

A antiga dupla sertaneja de Simone ainda relatou aos fãs que segue fazendo terapia. “Sim, galera, eu faço terapia desde os meus 20 anos. A galera que me acompanha sabe”, pontuou. “Eu lembro que quando eu comecei a cantar no Forró do Moído, que eu vi que ia fazer sucesso, eu falei: ‘Eu preciso me cuidar, preciso cuidar da minha cabeça’. Porque não é a primeira vez que eu passo pelo sucesso”, continuou.

Simaria
Simaria e Vicente Escrig ficaram juntos por 14 anos (Foto: Reprodução/Instagram)

“Já fizemos sucesso com Frank Aguiar, depois com o Forró do Moído. Depois fizemos sucesso sozinhas com o Bar das Coleguinhas e todos os outros projetos que vocês conhecem da carreira. E a terapia é muito importante, porque eu acho que foi ela que me deu toda essa estrutura para estar vivendo esse momento hoje. E estar aqui de pé, firme, cuidando dos meus filhos, que são as coisas mais lindas da minha vida”, encerrou a artista.

Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques



Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *