No aclamado filme Pobres Criaturas, a ambientação na Inglaterra do século 19 é habilmente traduzida para o marcante figurino. As roupas não apenas refletem a época, mas também o desenvolvimento emocional da personagem principal, Bella Baxter. Vestidos com mangas bufantes e silhuetas bem estruturadas são destaque no estilo da protagonista. Depois da vitória do Oscar de Melhor Figurino, a coluna faz uma suposição de quais seriam as marcas de moda que Bella usaria atualmente.

Vem conferir!

Emma Stone em Pobres Criaturas. Ela usa um vestido preto com mangas estruturadas e bota longa - Metrópoles
Cores sóbrias marcam a fase de amadurecimento de Bella Baxter

 

 A complexidade do figurino de Bella Baxter em Pobres Criaturas

Interpretada com maestria por Emma Stone, ganhadora do Oscar de Melhor Atriz, Bella Baxter é apresentada com o cérebro de um bebê no longa. Os visuais usados por ela encapsulam a inocência infantil, mas o visual da protagonista evolui ao longo da narrativa, junto à própria jornada de autoconhecimento e maturidade.

No início do filme, as peças são repletas de elementos que evocam a infância, como laços e babados. À medida que Bella amadurece, os looks se tornam mais sóbrios e refinados, o que reflete a crescente compreensão da personagem sobre o mundo.

A estética vitoriana foi uma fonte de inspiração fundamental para o trabalho de Holly Waddington. A figurinista optou por modelagens exageradas e detalhes elaborados para criar um visual autêntico e imersivo para Bella. Mangas bufantes e ombros estruturados são elementos que destacam a complexidade da história, e a escolha reforça a presença imponente e dramática da personagem.

Emma Stone em Pobres Criaturas. Ela usa um vestido preto com mangas estruturadas e bota longa - Metrópoles
No começo do longa, Bella usa peças extremamente infantis

 

Emma Stone - Pobres Criaturas. Ela usa um look com mangas bufantes - Metrópoles
O estilo amadurece conforme a narrativa avança

 

Emma Stone em Pobres Criaturas. Ela usa um vestido preto com mangas estruturadas e bota longa - Metrópoles
Ela passa a vestir peças estruturadas, com um toque sombrio

 

Emma Stone em Pobres Criaturas. Ela usa um vestido preto com mangas estruturadas e bota longa - Metrópoles
No fim, a personagem chega a um estilo maduro e não tão dramático

 

Veja marcas que possivelmente Bella Baxter usaria:

Simone Rocha

Em meio ao mundo fashion contemporâneo, o nome de Simone Rocha ressoa como um dos mais inovadores e influentes da nova geração de estilistas. Ver roupas inspiradas na era vitoriana e não lembrar dela se tornou algo improvável.

Filha do renomado designer sino-irlandês John Rocha, conhecido por uma abordagem artesanal marcante, Simone Rocha leva consigo um legado familiar enraizado na moda. Essa herança inspirou e moldou a própria jornada criativa, que teve início em 2010. A carreira da irlandesa é marcada por uma estética delicada, repleta de laços, babados, rendas e volume.

A última coleção de Simone foi apresentada no London Fashion Week. Inspiradas no luto da rainha Victoria durante a era vitoriana, as peças de outono/inverno 2024/25 exalam uma mistura intrigante de sensualidade e elegância sombria — palavras que definem bem parte das roupas de Bella Baxter.

Rocha brinca com volumes, transparências e alfaiataria. Ela incorpora elementos e detalhes ousados, como os laços gigantes que adornam os looks de maneira dramática e impactante. A imersão no universo disruptivo de Jean Paul Gaultier nesta temporada parece ter influenciado também as novas criações da designer.

Na imagem com cor, fotos de roupas da marca Simone Rocha - Metrópoles
Look apresentado no último London Fashion Week

 

Na imagem com cor, fotos de roupas da marca Simone Rocha - Metrópoles
Peças com bastante volume marcam as criações da designer

 

Na imagem com cor, fotos de roupas da marca Simone Rocha - Metrópoles
Mangas bufantes lembram o estilo de Bella

 

Na imagem com cor, fotos de roupas da marca Simone Rocha - Metrópoles
Peças com silhuetas estruturadas também

 

Miss Sohee

Nascida na Coreia do Sul e radicada em Londres, na Inglaterra, Sohee Park emergiu como uma figura promissora no atual cenário da moda. A jornada da designer começou em 2020, após se formar na Central Saint Martins, na capital britânica. No mesmo ano, a jovem fundou a marca Miss Sohee, que logo chamou a atenção da indústria ao lançar peças monumentais e detalhadas.

Intitulada A Garota Em Plena Floração, a primeira coleção foi inspirada no conceito de evolução de menina para mulher — que pode ser comparada à própria vivência de Bella Baxter. As peças da grife se definem como uma fusão intrigante entre sofisticação e inovação. Volume, textura, brilho e modelagens inesperadas caracterizam a essência elegante da grife.

Na imagem com cor, fotos de roupas da marca Miss Sohee - Metrópoles
A capacidade da estilista de mesclar tradição e contemporaneidade cativou celebridades como Anitta, Anya Taylor-Joy, Ariana Grande e Miley Cyrus

 

Na imagem com cor, fotos de roupas da marca Miss Sohee - Metrópoles
As peças são caracterizadas por estampas vibrantes

 

Na imagem com cor, fotos de roupas da marca Miss Sohee - Metrópoles
Mangas bufantes

 

Na imagem com cor, fotos de roupas da marca Miss Sohee - Metrópoles
E silhuetas marcadas com pontos de volume

 

Rodarte

Kate e Laura Mulleavy, as irmãs fundadoras da marca norte-americana Rodarte, transportam a moda para um estado de encanto e maravilha com as próprias criações. Na última temporada, a dupla de estilistas explorou um terreno um tanto abstrato.

Peças inspiradas na era vitoriana, com mangas volumosas em renda metálica, dão vida a um mundo em que a realidade se mescla com a imaginação. Já os vestidos em tule de algodão bordado com pérolas criam uma aura de divindade e mistério entre as novidades apresentadas.

À la Bella Baxter, os looks refletem a jornada encantadora e inebriante do reino fashion. Por lá, a beleza e a fantasia se fundem em uma experiência verdadeiramente única e inesquecível — assim como no filme Pobres Criaturas.

Na imagem com cor, fotos de roupas da marca Robarte - Metrópoles
Um dos vestidos se assemelha ao usado por Bella no próprio casamento

 

Na imagem com cor, fotos de roupas da marca Robarte - Metrópoles
Os babados são um dos elementos mais vistos nos figurinos da personagem

 

Na imagem com cor, fotos de roupas da marca Robarte - Metrópoles
Cores vibrantes se destacam entre as peças da nova coleção da Rodarte

 

Na imagem com cor, fotos de roupas da marca Robarte - Metrópoles
A renda metálica chama atenção pela textura marcante

 

A riqueza de detalhes e o cuidado com a construção dos figurinos de Bella Baxter em Pobres Criaturas ecoam o trabalho artístico e a criatividade de Holly Waddington. A jornada da protagonista, que passa por uma evolução emocional e estética, pode ser encontrada facilmente nas coleções das talentosas designers citadas acima. Com o sucesso do longa, a moda pôde ser vista de forma clara como uma poderosa ferramenta de expressão.


Veja mais em Metropoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *