Mais um capítulo no desentendimento entre Larissa Manoela e seus pais, Silvana Taques e Gilberto Elias. Nesta quarta-feira (2), eles se defenderam das acusações de terem ficado com o patrimônio da filha após a venda da mansão em Orlando, nos Estados Unidos. Em uma carta aberta lida por Chris Flores no programa “Fofocalizando”, Silvana e Gilberto contaram a sua versão da história.

“É com profunda dor que estamos aqui, escrevendo essa carta aberta para esclarecer todas as acusações que estamos sendo vítimas diariamente. Há muita inverdade sendo dita, publicada e falada o tempo inteiro. Não é novidade que, alguns anos atrás, optamos por abdicar de nossas carreiras profissionais para nos dedicar ao sonho de nossa filha, e somos muito felizes e realizados por ela ter conseguido o reconhecimento do talento que Deus lhe deu”, iniciaram eles.

“Jamais nos arrependeremos disso, Larissa é nossa filha única. É e sempre será parte integrante do nosso lar. Por mais que nos tentem separar hoje com injúrias, difamações, e até lançando histórias inverídicas na imprensa, nós sempre seremos seus pais, e ela sempre será nossa filha. E nenhum fator externo conseguirá mudar essa relação”, ressaltaram.

Segundo eles, todas as atitudes tomadas foram para cuidar de Larissa: “Lamentamos muito por terceiros tentarem criar o tempo inteiro um ambiente hostil em nossa relação. Nunca vivemos isso, e esse tipo de situação tem nos agredido profundamente. Tudo o que nossa família em conjunto conquistou teve sempre um objetivo: cuidar e proteger a vida da nossa filha”.

Continua depois da Publicidade

Em seguida, Silvana e Gilberto deram detalhes sobre a venda da casa em Orlando. “Pensamentos muito antes de falar sobre nossa dor, mas as mentiras se tornaram mais que lamentáveis, elas estão agredindo, além da nossa moral, a nossa saúde. Sobre as acusações da venda de nossa casa em Orlando, nos Estados Unidos, supostamente feita à revelia de nossa filha, viemos esclarecer que a casa foi vendida em 2021 em comum acordo com ela”, pontuaram.

“Era uma fase ainda com resquícios de pandemia, e esse investimento não era mais viável. Os recursos foram devidamente recebidos e investidos, em nome da empresa familiar que temos e somos igualitariamente sócios. Mais tarde, investimentos esse recurso em uma casa e em um terreno para Larissa aqui no Brasil, em um condomínio de excelente padrão na Barra da Tijuca. Absolutamente tudo documentado, alinhado e decidido em conjunto por nós três, os verdadeiros integrantes de nossa família”, pontuaram. Assista ao vídeo completo abaixo:

 

*Texto em atualização

Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques



Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *