A moda está em constante mudança e tendências do passado são revisitadas com frequência. Uma peça ousada, em particular, que tem ganhado destaque novamente é o naked dress (vestido nu, em tradução livre). Por meio da transparência, a roupa desafia os limites do convencional ao revelar partes do corpo que antes eram mantidas discretas nos looks.

Com mais espaço nos guarda-roupas das celebridades e presença nas passarelas, a vestimenta foi vista em vários visuais na after party do Oscar 2024. Com a confirmação da trend, a coluna traz mais informações sobre a peça e relembra momentos icônicos de diferentes personalidades com ela. Vem conferir!

Na imagem com cor, a atriz Marina ruy Barbosa usando um naked dress - metrópoles
Marina Ruy Barbosa com naked dress volumoso no 75º Festival de Cannes

 

Tendência no tapete vermelho

O naked dress não é apenas uma peça de roupa; é uma declaração de estilo que reivindica a liberdade e a confiança do corpo. O uso estratégico de tecidos transparentes, tules e cortes ousados permite que as mulheres evidenciem as próprias curvas, sem necessariamente ceder ao apelo da sexualização.

A volta do fascínio pela peça foi evidenciado recentemente pela cantora Anitta, que brilhou na pós-festa do Oscar 2024 com um deslumbrante vestido da marca Fendi, o qual a deixou com os seios e a calcinha à mostra. Em sintonia, atrizes como Florence Pugh, Halle Bailey e Vanessa Hudgens marcaram presença no tapete vermelho do evento com looks similares. A modelo Kendall Jenner e a rapper Ice Spice foram outras convidadas adeptas da tendência.

Apesar da crescente popularidade, o naked dress não está isento de críticas e controvérsias. O uso da peça por Anitta, por exemplo, não agradou a alguns brasileiros. Na web, o assunto dividiu opiniões.

“Desnecessária, apelativa e extremamente vulgar, acredito que é possível usar transparência de forma mais elegante e sem apelação. Florence Pugh é um exemplo do que estou falando, havia transparência no vestido dela, mas exibido de forma elegante”, escreveu uma internauta no Instagram.

Com a repercussão da look, um perfil do Twitter ressaltou: “Anitta sendo absurdamente criticada pela roupa que usou na after party do Oscar pelas mesmas pessoas que estão elogiando a aparição de John Cena completamente nu no palco da mesma premiação. Enfim, a hipocrisia, o machismo, e a misoginia”.

Na imagem com cor, foto da modelo Kendall Jenner usando naked dress - metrópoles
Kendall Jenner usou um look recém-desfilado, da marca Maison Margiela

 

Na imagem com cor, a atriz Halle Bailey usando naked dress - metrópoles
Halle Bailey apostou em um vestido de renda para a ocasião

 

Na imagem com cor, foto da atriz Vanessa Hudgens usando naked dress - metrópoles
Vanessa Hudgens usou a tendência para divulgar a gravidez com grande estilo

 

Na imagem com cor, a cantora anitta usando naked dress - metrópoles
A peça usada por Anitta foi criticada na web

 

Na imagem com cor, foto da a cantora Ice Spice usando naked dress - metrópoles
A rapper Ice Spice escolheu vestido preto com detalhes em renda

 

Na imagem com cor, foto da atriz Florence Pugh usando naked dress - metrópoles
Florence Pugh vestiu um look da grife Jean Paul Gaultier, assinado por Simone Rocha

 

Naked dress

Embora a tendência do naked dress tenha sido “normalizada” — de alguma forma — mais recentemente, a história da peça é de décadas atrás. O primeiro que ganhou notoriedade foi um usado por Marilyn Monroe em 1962. Nude e brilhoso, o vestido é o que a atriz escolheu para cantar em celebração ao aniversário do então presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy.

Tempos depois, foi Kate Moss quem deu o que falar com a estética. Sem saber que estava com o corpo à mostra, a supermodelo compareceu a uma festa com um vestido completamente transparente em 1993.

Em entrevista à revista norte-americana Harper’s Bazaar, Moss explicou o que ocorreu naquela noite: “Eu não sabia que esse vestido era transparente até as fotos saírem no jornal. Foi o flash que fez com ele que parecesse nu na verdade. Quando eu saí, não achei que o tecido fosse tão transparente assim, mas, obviamente, era”. Apesar de não ter sido intencional, o momento da supermodelo ficou marcado na história fashion — afinal, ainda se fala sobre ele 31 anos depois.

window._taboola = window._taboola || [];
_taboola.push({
mode: “rec-reel-2n5-a”,
container: “taboola-mid-article-reco-reel”,
placement: “Mid Article Reco Reel”,
target_type: “mix”
});

Outra personalidade adepta da transparência é Rihanna. Em 2014, a cantora ganhou o prêmio de Ícone Fashion do Council of Fashion Designers of America (CFDA). Para receber a honraria, um naked dress da grife Swarovski produzido com 216 mil cristais compôs o look da artista. Durante o discurso da artista, surgiu a famosa frase: “Ela pode me vencer, mas não pode vencer minha roupa” — e ninguém pôde mesmo.

Na imagem com cor, Marilyn Monroe usando o naked dress para cantar feliz aniversário ao Presidente Kannedy - metrópoles
O naked dress usado por Marilyn foi nomeado nos EUA como vestido Happy Birthday, Mr. President (Feliz Aniversário, Senhor Presidente, em tradução livre)

 

Na imagem com cor, a modelo Kate Moss com um naked dress - Metrópoles
Vestido transparente usado por Kate Moss

 

Na imagem com cor, a cantora Rihanna usando um naked dress - metrópoles
A peça de Rihanna para receber o prêmio de Ícone Fashion

 

No entanto, foi entre 2021 e 2023 que a tendência ganhou popularidade massiva. No Met Gala, por exemplo, a atriz Zoë Kravitz e a modelo Kendall Jenner usaram diferentes leituras do modelo naked dress, mas ambas com a mesma essência sexy e glamorosa.

Artistas como Beyoncé e Dua Lipa também já adotaram o estilo para marcar aparições públicas, o que contribuiu para a disseminação e normalização do estilo ousado. Assim, é possível ver como, desde décadas passadas até os dias atuais, a peça tem desafiado os padrões da moda e inspirado mulheres a “abraçarem” os próprios corpos.

Na imagem com cor, a atriz Zoe Kravitz usando um naked dress - metrópoles Mike Coppola/Getty Images
Zoë Kravitz com vestido transparente

 

Na imagem com cor, a modelo Kendall Jenner no Met Gala com um naked dress - metrópoles
Kendall Jenner no Met Gala 2021

 

Na imagem com cor, a cantora Beyoncé usando um naked dress - metrópoles
Beyoncé aposta na transparência

 

Na imagem com cor, a cantora e atriz Dua Lipa usando um naked dress - metrópoles
Dua Lipa na première de Barbie

 

À medida que a moda continua a evoluir, é provável que a tendência permaneça relevante. Em um mundo fashion ainda machista, o uso do naked dress é um ato de coragem. A peça pode ser definida, ao mesmo tempo, por diferentes palavras, como vulnerabilidade, empoderamento, sensualidade, individualidade, entre outras. No entanto, um fato é que a presença da transparência na moda contemporânea é inevitável e duradoura.


Veja mais em Metropoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *