in ,

Murilo Huff chora no “Fantástico” ao recordar última conversa com Marília Mendonça: “Parece que estava se despedindo”; assista

O Brasil segue com o coração apertado após a perda de Marília Mendonça, morta em um acidente aéreo na última sexta-feira (5). Murilo Huff, ex-namorado da cantora, não conseguir conter a emoção ao falar sobre a artista em entrevista ao “Fantástico“, exibida neste domingo (7). Os músicos, que estavam separados há apenas dois meses, ficaram quase quatro anos juntos e tiveram um filho, Léo, que completará dois anos em dezembro.

“O Léo está bem, graças a Deus. Ele está com a mãe de Marília (dona Ruth). Ele é muito pequenininho para entender, vai chegar um momento que ela vai sentir falta da mãe, mas pelo menos essa dor que a gente está sentindo, eu acho que ele não vai sentir. Ele vai sentir saudades. Graças a Deus ele é muito pequenininho para entender”, avaliou Murilo, às lágrimas.

Continua depois da Publicidade

Emocionado, o também cantor falou um pouco sobre a parceria e bom relacionamento que tinha com a ex-namorada. “Fazia muito pouco tempo que a gente não estava junto… mas a relação foi muito boa sempre. A gente sempre se respeitou demais. A gente nunca parou de se falar, principalmente depois do Léo. Sempre respeitei muito a Marília como mãe e ela sempre me respeitou como pai”, enfatizou ele, que deu detalhes sobre a última conversa que teve com Mendonça antes de sua partida.

Marília e Murilo ficaram quase quatro anos juntos e têm um filho, o pequeno Léo. (Foto: Reprodução)

“A última mensagem que ela me mandou foi no dia que aconteceu (o acidente). Ele (Léo) estava indo para a casa da minha mãe e ela pediu para cuidar dele, ficar de olho porque ele tinha tomado vacina. Parece que ela estava se despedindo”, lamentou, aos soluços. “Ela era uma mãe incrível, muito apaixonada por ele. O Léo aconteceu na nossa vida de forma muito repentina, mas a gente o recebeu muito bem. Ela sempre foi incrível, era uma mãezona, filhona e namoradona”, declarou.

E os elogios não pararam por aí. Ela era uma namorada incrível, me jogava lá pra cima sempre. Marília era muito intensa, ela amava demais. Ela era um gênio. Sempre foi muito à frente do tempo dela. Onde ela botava a mão, ela mudava a vida das pessoas, e não falo financeiramente, não. Seja com uma palavra, com um conselho, um empurrãozinho… ela mudava a vida de todo mundo”, afirmou Murilo que, apesar da separação, permaneceu muito amigo de Marília.

Huff classificou, inclusive, o motivo do término como sendo algo bobo e ressaltou que, se ambos ainda estivessem juntos, ele provavelmente também estaria dentro da aeronave da tragédia. “Tinha mais ou menos dois meses que a gente não estava junto mais. Foi logo depois que a gente voltou de uma viagem e foi por um motivo tão besta… Hoje analisando tudo o que aconteceu, se a gente estivesse junto, eu ia estar lá no avião, porque eu não tinha show… Com certeza eu iria estar acompanhando a Marília”, avaliou.

Continua depois da Publicidade

Por fim, o sertanejo disse que encara com pesar e coragem a jornada de pai solo, frisando ainda que contará sempre ao filho sobre a pessoa brilhante que foi sua mãe. “Não vai ser fácil, mas tem que ser forte. Vou fazer questão de falar pra ele (Léo) todo dia o quanto ela (Marília) é amada pelo Brasil inteiro e o quanto ela era uma mãe, filha e mulher excepcional. Ele é um pedacinho dela que ficou aqui”, encerrou.

Assista à entrevista na íntegra:



Veja mais em HugoGloss

Peças de Emily in Paris estarão à venda com estreia da nova temporada

Travis Scott: Jornal afirma que rapper foi avisado sobre “potenciais perigos” antes do show; vítimas entram com processos