Em 2023, o mundo da moda teve inúmeros momentos marcantes, como as trocas de diretores criativos em algumas grifes, além de retornos icônicos para complementar o novo cenário fashion. Junto às mudanças, personalidades como Paco Rabanne e Davide Renne morreram neste ano. Para relembrar os acontecimentos de destaque, confira a retrospectiva da coluna.

Vem ver!

Na imagem com cor, a modelo Kendall Jenner desfilando - Metrópoles
Kendall Jenner com o look final da coleção primavera/verão 2024 da Schiaparelli

 

Troca de diretores criativos nas casas de moda

A Gucci revelou, no início deste ano, quem seria o sucessor do estilista Alessandro Michele na direção criativa da grife: o também italiano Sabato De Sarno. O primeiro desfile do designer, apresentado no Milão Fashion Week de primavera/verão 2024, refletiu um olhar refinado, e marcou a temporada com uma essência nostálgica dos anos 1990 à la Tom Ford.

Em março, Jeremy Scott, que estava há uma década na Moschino, anunciou que ficaria exclusivamente no comando da própria marca. Em setembro, após 13 anos, a britânica Sarah Burton anuncicou a saída do comando da label Alexander McQueen.

Já no finalzinho do ano, em dezembro, o estilista norte-americano Matthew Williams anunciou o término da relação com a Givenchy, casa na qual ocupava o cargo de diretor criativo desde 2020. Contudo, o norte-americano promete novidades para a própria marca, a 1017 Alyx 9SM.

Em clima de despedidas, o que poderia ser melhor que um samba? Outra mudança que marcou o mundo da moda foi a presença da escola brasileira Mangueira no desfile da última coleção criada pela estilista uruguaia Gabriela Hearst para a grife francesa Chloé, em setembro deste ano. Ela havia divulgado em julho que deixaria a etiqueta.

O estilista Sabato de Sarno, um homem branco e jovem, de cabelo raspado e barba, posa para foto em um fundo branco. Ele usa uma blusa de manga longa preta e está de braços cruzados. Foi anunciado, em janeiro de 2023, como o novo diretor criativo da Gucci. - Metrópoles
Após 12 anos em diferentes funções na Valentino, Sabato De Sarno atualmente é diretor criativo da Gucci

 

Jeremy Scott na passarela da Moschino. Ele usa bermuda jeans, coturno preto e camiseta da banda ACDC - Metrópoles
Jeremy Scott ocupou o cargo de diretor criativo da Moschino por 10 anos, mas em 2023 decidiu se dedicar somente à grife própria

 

 

Na imagem em preto e branco, homem careca posa para foto - Metrópoles
Matthew Williams deixou o comando criativo da Givenchy em dezembro de 2023

 

Gabriela Hearst faz foto no espelho
Também em 2023, a uruguaia Gabriela Hearst se despediu da maison Chloé

 

Já a Louis Vuitton ganhou um novo diretor criativo da linha masculina após dois anos desde a perda do estilista Virgil Abloh: o cantor e produtor musical Pharrell Williams, que incorporou na grife um novo capítulo, e promoveu uma perspectiva única, mas também polêmica, à grife.

De acordo com um levantamento feito pela Lefty, plataforma de marketing de influência, a grife francesa liderou o ranking de desfiles mais bem-sucedidos ao longo de 2023, em termos de earned media value (EMV). O valor de mídia conquistado, em tradução livre, representa a divulgação dos shows feita organicamente por canais de comunicação, como as redes sociais, a imprensa, os clientes e as comunidades virtuais.

As reviravoltas no cenário das grifes internacionais não pararam por aí. As etiquetas Moschino e Alexander McQueen também apresentaram novidades nas direções criativas, com a entrada dos estilistas Davide Renne e Seán McGirr, respectivamente.

Na imagem com cor, Pharrell no desfile da Louis Vuitton - Metrópoles
A estreia de Pharrell Williams como estilista na Louis Vuitton foi o desfile com mais engajamento de mídia em 2023, segundo dados da plataforma Lefty

 

Na imagem com cor, homem branco com o cabelo e barba escura - Metrópoles
Davide Renne assumiu a Moschino em outubro

 

window._taboola = window._taboola || [];
_taboola.push({
mode: “rec-reel-2n5-a”,
container: “taboola-mid-article-reco-reel”,
placement: “Mid Article Reco Reel”,
target_type: “mix”
});

Na imagem com cor, homem branco com cabelos escuros e camisa verde - Metrópoles
Seán McGirr é irlândes e tem no currículo passagens pela JW Anderson e Burberry

 

Mortes

No cenário da moda, 2023 foi marcado por uma triste notícia: o falecimento precoce de Davide Renne, o recém-anunciado diretor criativo da Moschino, aos 46 anos. Com uma carreira notável, incluindo duas décadas na Gucci, grife na qual supervisionou a linha feminina, Renne deixou um legado significativo.

Outra perda notável foi a do estilista Paco Rabanne, que faleceu aos 88 anos, em Portsall, na França, em fevereiro deste ano. Conhecido por uma estética futurística e metalizada, o espanhol também se destacou no universo da perfumaria.

Além disso, a indústria da moda lamentou a morte, aos 60 anos, de Ivan Bart, ex-presidente da IMG Models. Considerado um “titã da moda”, ele foi elogiado pelas contribuições ao longo de três décadas na agência de modelos, na qual trabalhou com personalidades como Gisele Bündchen e Gigi Hadid.

Na imagem com cor, homem branco de cabelo e barba escura - Metrópoles
Davide Renne morreu em novembro deste ano, um mês depois de assumir o comando criativo da Moschino

 

O estilista Paco Rabanne, um homem branco e de meia idade, com cabelos e barba grisalhos, posa para foto em uma loja de roupa da sua própria marca. - Metrópoles
Paco Rabanne morreu em fevereiro de 2023. Apesar de se definir como clássico, o designer era visto como um visionário da moda futurista e deixou um grande legado

 

O retorno de Phoebe Philo, Victoria’s Sercret e supermodelos no mundo da moda

Após deixar um legado em grifes como Chloé e Celine, Phoebe Philo retornou ao mundo da moda em 2023. A estilista britânica, conhecida por um estilo elegante e minimalista que veio muito antes da ascensão do quiet luxury, lançou a primeira coleção da marca homônima em outubro, e as peças exibem o DNA característico de Philo, agora com uma dose mais evidente de ousadia.

Com uma aposta na nostalgia dos anos 1980 e 1990, outro destaque do ano foi o lançamento da série documental The Super Models (As Supermodelos, em tradução livre), que presta homenagem às top models Naomi Campbell, Cindy Crawford, Linda Evangelista e Christy Turlington. Para complementar a estreia, as quatro protagonistas estrelaram ainda uma capa especial da Vogue, tanto na edição norte-americana quanto britânica.

Ainda sobre retornos icônicos da moda: a Victoria’s Secret voltou ao mercado com a campanha The Icon neste ano. A marca de lingeries tentou redefinir a própria imagem e os valores. Ao promover o comeback, convocou algumas das ex-angels mais famosas, como Gisele Bündchen, Adriana Lima, Candice Swanepoel e Naomi Campbell para as fotos.

Na coleção de estreia da marca própria de Phoebe Philo, modelo usa calça branca com blumas e sobretudo preto - Metrópoles
A coleção criada por Phoebe Philo para a marca própria estreou on-line

 

Na imagem com cor, a modelo Gisele
Victoria’s Secret convocou angels icônicas, como a übermodel Gisele Bündchen, para fazer o comeback

 

Naomi Campbell, Cindy Crawford, Linda Evangelista e Christy Turlington - Metrópoles
Naomi Campbell, Cindy Crawford, Linda Evangelista e Christy Turlington ganharam uma série documental

 

Margot Robbie: um acontecimento

A aguardada adaptação live-action sobre a história da Barbie invadiu os cinemas em julho. A protagonista do longa-metragem, Margot Robbie, fez dos tapetes rosas das premières uma verdadeira vitrine de looks clássicos que moldaram a trajetória da boneca ao longo das décadas.

A jornada de divulgação encantou os fãs da personagem e, claro, o universo fashion, o que contribuiu para uma atmosfera ainda mais estilosa. As peças de roupas utilizadas no filme complementaram a experiência cinematográfica.

Na imagem com cor, a atriz Margot Robbie - Metrópoles
Visuais icônicos de Margot Robbie marcaram as redes sociais durante a febre do Barbiecore

 

Na imagem com cor, Margot Robbie usa looks inspirados na Barbie para promover o filme - Metrópoles
O maiô listrado, marca registrada da Barbie em 1959, também foi recriado pela atriz em 2023

 

Na imagem com cor, a atriz Margot Robbie - Metrópoles
Nas premières, a australiana apostou em looks clássicos da boneca

 

Na imagem com cor, Margot Robbie usa looks inspirados na Barbie para promover o filme - Metrópoles
A atriz incorporou a Barbie por meses para promover o longa

 

Primeira edição do Latin American Fashion Awards

Em novembro deste ano, a República Dominicana foi palco do Latin American Fashion Awards, a primeira premiação internacional dedicada aos talentos latinos da moda. Realizado no anfiteatro Altos de Chavón, o evento celebrou a excelência e a criatividade da moda latino-americana.

Fundado por duas influentes personalidades da moda, Constanza Etro e Silvia Argüello, a primeira edição do evento celebrou três vencedoras brasileiras: Karoline Vitto, como Designer/Marca Emergente do Ano; Divina, de Ode, como Filme de Moda do Ano; e Zaya Guarani, como Influencer de Moda do Ano.

A presença de figuras ilustres, como J. Balvin, agraciado como o Ícone Latino da Moda do Ano, e outros nomes notáveis como Tokischa, Petra Nemcova, Valentina Ferrer, Dascha Polanco, Candela Pelizza, Kiko El Crazy, Jenny Lopez e DJ Pope, contribuiu para tornar a noite uma celebração inesquecível da moda na América Latina.

Na imagem com cor, jurado do Latin American Fashion Awards sentado - Metrópoles
Neste ano, aconteceu a primeira edição do Latin American Fashion Awards

 

Na imagem com cor, a ganhadora do Latin American Fashion Awards - Metrópoles
A indígena Zaya foi escolhida como Influencer de Moda do Ano

 

Na imagem com cor, a ganhadora do Latin American Fashion Awards - Metrópoles
A brasileira Karoline Vitto ganhou o troféu Designer/Marca Emergente do Ano

 

A retrospectiva sobre os acontecimentos na moda são como viagens no tempo: proporcionam uma visão mais reflexiva sobre as transformações ao longo do tempo. Os compilados visuais destacam não apenas as peças de vestuário que “bombaram”, mas também os movimentos culturais, influências artísticas e os designers que moldaram a indústria.


Veja mais em Metropoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *