As imagens de Kate Middleton não são as únicas que estão gerando polêmica! Uma antiga foto de Archie, filho de Meghan Markle e príncipe Harry, retornou às manchetes depois que a agência Getty Images emitiu um aviso, afirmando que ela foi “aprimorada digitalmente”. Após a repercussão, Chris Allerton, fotógrafo responsável pelo clique, negou que tenha feito alguma alteração.

A empresa de fotografia não detalhou por que a imagem recebeu esse rótulo. A foto em questão foi realizada logo após o batizado do primogênito de Meghan e Harry, em 6 de julho de 2019. Ela mostra a duquesa de Sussex segurando o filho, na época com 2 meses, sentada ao lado do marido. O clique ainda inclui príncipe William, Kate Middleton, rei Charles III, rainha Camilla, Doria Ragland, mãe de Meghan, e as irmãs da princesa Diana.

Archie, agora com 4 anos, aparece com roupa tradicional de batizado. (Foto: Chris Allerton/SussexRoyal via Getty Images)

Após o assunto causar polêmica, Chris Allerton, responsável pelo clique, se manifestou ao Daily Mail e negou veemente que tenha feito uso do Photoshop. Ele, entretanto, afirmou que sua foto precisava apenas de um “ajuste mínimo” em seu tom e exposição de luz, mas que preparou meticulosamente a sua câmera e a iluminação antes da chegada da realeza. Então, sua concentração foi em “capturar um ambiente descontraído e um momento agradável, de forma rápida e eficiente para eles“.

Allerton ainda chamou as acusações de “um monte de mentiras” e agradeceu ao veículo por alertá-lo sobre a “nota do editor”, que foi adicionada pela agência, à sua imagem. “Entrei em contato com a equipe editorial da Getty para solicitar esclarecimentos“, concluiu o profissional.

Continua depois da Publicidade

O clique do batizado de Archie retornou à mídia após o furor da semana passada sobre o retrato do Dia das Mães de Kate. Depois dos rumores de que a foto estava com alterações, a princesa admitiu que “ocasionalmente faz experiências com edição“. Seis agências de fotografia, incluindo a Getty Images, retiraram a imagem de circulação após notarem a manipulação.

Além do “kill notice”, termo da indústria usado para fazer uma retratação explicando a medida tomada, a empresa inseriu a “nota do editor” nas fotos. Um retrato da falecida rainha Elizabeth II ao lado de seus netos e bisnetos, tirado por Kate em Balmoral, em agosto de 2022, também recebeu o mesmo aviso da Getty.

A Getty Images está realizando uma revisão das imagens e, de acordo com sua política editorial, está colocando uma nota do editor àquelas em que a fonte sugeriu que elas poderiam ter sido melhoradas digitalmente“, informou um porta-voz da agência ao Daily Mail. Os representantes de Meghan e Harry não se pronunciaram sobre o assunto.



Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques



Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *