Ana Carolina Oliveira, mãe de Isabella Nardoni, se pronunciou nesta terça-feira (12) sobre a decisão judicial que possibilita Alexandre Nardoni, condenado por matar a filha em 2008, de sair da cadeia em abril. Ela falou sobre o assunto durante a sua participação no programa “Encontro”, da TV Globo.

Ao ser questionada pela apresentadora Patrícia Poeta, Ana Carolina revelou o que sente diante da decisão. “Eu me sinto ofendida, como mãe e até em memória da minha filha, porque a gente não espera. Quer dizer, sabe que vai acontecer, mas não espera que isso aconteça”, iniciou ela.

“Como mãe, em memória da minha filha, sabendo tudo que aconteceu, vivendo essa história, vivendo esse luto, e saber que isso vai acontecer agora, eu me sinto bem triste por tudo isso, acrescentou. Alexandre deve receber no dia 6 de abril a autorização da Justiça paulista para cumprir o restante da pena em aberto. Atualmente, ele está em regime semiaberto.

Patrícia ainda perguntou se Ana Carolina tem a sensação de que a justiça do caso não foi feita completamente. “Graças a Deus a justiça na época foi feita e eu tive essa oportunidade, porque a gente sabe quantos casos hoje isso não acontece. Mas é bem pouco tempo 16 anos pro tamanho do crime que aconteceu”, respondeu a bancária.

Continua depois da Publicidade

“E saber que minha filha não vai voltar, saber que minha filha não tem essa oportunidade. Ela não vai voltar, ela não vai viver”, finalizou ela. De acordo com o g1, a mudança no cumprimento da pena de Alexandre acontecerá no dia seguinte ao aniversário de Carol. Ela completará 40 anos em 5 de abril. A decisão veio como fruto de uma série de reduções de pena por causa de bom comportamento, trabalhos na prisão e leitura de livros.

Atualmente, Carol está casada e tem dois filhos. Ela explicou os filhos mais novos deram a ela a oportunidade de viver a maternidade novamente. “Eu gosto de viver e acho que meus filhos merecem isso também”, afirmou. Além disso, a bancária declarou que evita lamentações e pensa em como seria a relação com Isabella se ela estivesse viva. Assista ao vídeo completo abaixo: 

Relembre o caso

O crime ocorreu na noite de 29 de março de 2008, quando Isabella Nardoni, de apenas 5 anos, foi jogada do sexto andar do apartamento onde morava o casal Nardoni, no Edifício London. Como apontado pela investigação, não foi uma queda acidental, mas sim um homicídio. A criança foi agredida pelos responsáveis e, ao acharam que estava morta, ela acabou arremessada.

Alexandre e Anna Carolina Jatobá foram considerados culpados pela Justiça em 2010, e estão presos em Tremembé, no interior de São Paulo. O pai foi condenado a mais de 30 anos de cadeia, e cumpre pena desde 2008 na Penitenciária Dr. José Augusto César Salgado, conhecida como P2 de Tremembé. Entretanto, desde 2019, Alexandre estava em regime semiaberto.

Alexandre Nardoni sendo detido pela polícia (Foto: Reprodução/Netflix)

Anna Carolina, por sua vez, foi condenada a mais de 26 anos de prisão e cumpre pena na Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, a P1 feminina de Tremembé (SP). Em 2017, ela também conseguiu ir para o regime semiaberto, e desde então é beneficiada com as saidinhas temporárias. Mesmo com as acusações e condenação, o casal sempre negou ter cometido o crime.



Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques



Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *