Os investigadores encerraram a busca por possíveis vestígios e provas que levem ao paradeiro de Madeleine McCann na Barragem do Arades, em Portugal. De acordo com o Correio da Manhã, todos os itens encontrados durante os três dias de investigação serão analisados pelas autoridades da Alemanha. A operação no local, que fica a cerca de 50 quilômetros da Praia da Luz, em Algarve, onde a criança desapareceu, chegou ao fim nesta quinta-feira (25). A polícia de Portugal confirmou o encerramento das buscas, mas não esclareceu se algo conclusivo chegou a ser encontrado.

Entre os itens descobertos estão uma alça de sutiã, “peças de roupa” e objetos plásticos. No entanto, nenhum deles foi oficialmente conectado ao caso. Segundo o Correio da Manhã, a polícia portuguesa não acredita que os materiais “ajudem a descobrir” o que aconteceu com Madeleine. “Claro que há uma certa expectativa, mas não é alta. Claro que ainda estamos procurando o corpo. Não estamos procurando só por isso. É claro que há outras coisas também. Qualquer descoberta de roupas poderia ajudar na investigação“, disse o promotor alemão Christan Wolters.

Polícia encerrou a operação nesta quinta-feira (25). (Foto: Getty)
Continua depois da Publicidade

Não foi confirmado quanto tempo levará para a análise dos itens. De acordo com a imprensa internacional, Gerry e Kate McCann, pais de Madeleine, devem receber uma resposta até o próximo mês. A família da menina desaparecida em 2007 não comentou publicamente sobre as buscas.

A investigação no local começou na última segunda-feira (22) a pedido da polícia alemã, que em junho de 2020 informou acreditar que a criança estava morta e que o suspeito Christian Brueckner era o responsável. Ele era frequentador do reservatório que virou alvo da operação. As autoridades isolaram a área e, de acordo com testemunhas, a busca começou por terra e na água. A polícia usou recursos como mergulhadores, cães farejadores, drones e tecnologia avançada para detectar vestígios humanos.

O principal objetivo era uma câmera fotográfica que pertencia à Christian. O equipamento poderia conter imagens de McCann e de outros ataques sexuais que o suspeito teria cometido. De acordo com uma fonte das autoridades, a câmera foi roubada da casa dele e jogada na barragem do Arade. A polícia, entretanto, não confirmou se a câmera foi localizada. Essa não é a primeira vez que buscas na região são feitas por Portugal. Em 2008, uma operação já havia sido realizada no local, porém, sem resultados conclusivos.

Caso Madeleine McCann

Madeleine McCann tinha 3 anos em maio de 2007 quando desapareceu em Algarve, Portugal. Na noite que sumiu, os pais da criança estavam jantando com amigos e tinham deixado Madeleine e os outros dois filhos no quarto do hotel. No entanto, ao retornarem, a menina não se encontrava no local. O caso ganhou destaque mundial e nunca foi solucionado. Em 2012, a polícia de Londres revisou o caso após uma ordem de David Cameron, então primeiro-ministro, e as autoridades disseram que Madeleine poderia estar viva.

Madeleine Christian
Christian Brueckner, suspeito no caso de Madeleine McCann, está cumprindo pena por estupro de uma idosa de 72 anos. (Fotos: Reprodução/Metro UK)

No entanto, em 2020, o foco da investigação se concentrou em Christian Brueckner. O homem viveu em Portugal entre 1995 e 2007, possui antecedentes criminais, incluindo condenações por abuso sexual de crianças, e cumpre pena por estupro de uma idosa de 72 anos. As autoridades alemãs estão convencidas da morte da criança e querem acusar Christian.

Recentemente, Julie Faustyna, uma polonesa de 21 anos, alegou ser a menina inglesa desaparecida, mas a polícia descartou a possibilidade. Julie viralizou nas redes sociais ao começar uma campanha para provar que era Madeleine. “As ações realizadas pelos policiais até o momento contradizem a versão apresentada pela jovem. As atividades ainda estão em andamento, mas já é possível descartar que essa versão seja verdadeira“, declarou o porta-voz da polícia.

Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques



Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *