Katy Perry e Orlando Bloom estão envolvidos em um processo na Justiça contra um homem de 83 anos por causa da compra de uma mansão em Montecito, Califórnia, nos Estados Unidos. De acordo com informações divulgadas pelo Daily Mail nesta quarta-feira (9), os astros adquiriram a propriedade em julho de 2020 por US$ 14,2 milhões — cerca de R$ 69,63 milhões.

Carl Westcott teria se mudado para a residência apenas dois meses antes de Katy e Orlando comprarem dele o imóvel de mais de 3 mil m², com 8 quartos e 11 banheiros. Nos documentos obtidos pelo The Post, Westcott afirmou que quando o negócio foi fechado, ele estava “sem a capacidade mental de entender a natureza e as prováveis ​​consequências do contrato”.

Ainda segundo o documento, o proprietário, que serviu ao exército norte-americano, adquiriu a casa no dia 29 de maio com o intuito de morar no local “para o resto da sua vida”. Em julho, ele passou por uma cirurgia nas costas que durou seis horas. “A combinação de sua idade, fragilidade de sua condição nas costas e cirurgia recente, além dos analgésicos que ele tomava várias vezes ao dia, deixaram o Sr. Westcott mentalmente incapaz”, afirmou a declaração.

Três dias depois, Bernie Gudvi, que representava Perry e Bloom, apresentou a Westcott a oferta por escrito, em que eles pagariam mais do que o idoso havia desembolsado pela casa. O proprietário assinou o documento preparado pela corretora, mas seus advogados argumentaram que ele estava “incapaz de entender a natureza e as prováveis ​​consequências de suas ações”.

mansão 2
mansão 1

Uma semana após a venda da mansão para os astros ser finalizada, Westcott disse que ele começou a se sentir mentalmente bem de novo depois de parar de tomar os analgésicos por causa da cirurgia. Então, ele enviou uma carta para a imobiliária como representante da propriedade. “O senhor Westcott enviou um e-mail para a Berkshire Hathaway, na sua função como vendedor e comprador, informando que não queria vender sua casa”, disse o documento.

Carl Westcott junto com a família. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Como resposta, Katy e Orlando também enviaram uma carta expressando o quanto eles amaram a mansão e que eles estavam dispostos a pagar um valor acima do que o veterano deu pelo imóvel. Westcott, então, rebateu e disse que, apesar de ter uma profunda consideração, ele não poderia vender o imóvel por estar nos seus últimos anos de vida.

Continua depois da Publicidade

Depois disso, o advogado dos astros comunicou que eles não estariam dispostos a desistir e que o proprietário teria que concluir a venda. O julgamento do caso está marcado para o fim do mês. Westcott contou que nunca colocou a propriedade à venda ou falou com um corretor.

Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques



Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *