O influenciador francês Remi Enigma morreu na última quinta-feira (27), ao cair do 68º andar de um edifício residencial localizado em Hong Kong. Ele tinha 30 anos e era conhecido nas redes sociais por compartilhar vídeos escalando lugares muito altos sem autorização, como prédios e arranha-céus, além de sempre publicar selfies radicais no topo de estruturas.

Na semana passada, Enigma decidiu escalar o prédio Tregunter Tower. De acordo com o South China Morning Post, ele mentiu para os seguranças com o intuito de conseguir ter acesso ao ponto mais alto do local. O influenciador teria dito que visitaria um amigo no 40º andar. No entanto, nas imagens da câmera de segurança, é possível vê-lo no 49º andar e, depois, subindo as escadas para chegar na cobertura.

Testemunhas afirmaram que, na última vez que o influenciador foi visto com vida, ele estava batendo na janela do 68º andar da torre residencial. A publicação informou que ele teria pedido ajuda para a faxineira do apartamento que, então, ligou para a polícia. Todavia, ele caiu antes da ajuda chegar.

“É possível que ele tenha ficado preso do lado de fora da cobertura enquanto praticava um esporte radical no prédio e tenha batido na janela para pedir ajuda, mas acidentalmente caiu”, disse uma fonte. O corpo dele foi encontrado estendido no pátio próximo ao edifício.

Continua depois da Publicidade

A última publicação feita por Enigma no Instagram foi há uma semana, com uma imagem que tirou da visão noturna de Hong Kong. Na postagem, ele marcou o local como Times Square, no distrito comercial de Causeway Bay. Só nesta rede social ele tinha mais de 30 mil seguidores e compartilhava registros do alto de construções em países como em Portugal, Bulgária, França, Colômbia, Polônia e Dubai.

Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques



Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *