Neste domingo (7), aconteceu a 81ª cerimônia do Globo de Ouro, e o responsável por comandar a noite foi o humorista Jo Koy. Apesar da carreira de sucesso no ramo do stand-up comedy, as piadas de Koy ao longo da premiação não repercutiram bem – nem com os famosos, nem com a web. Após as reações negativas, o apresentador se manifestou sobre o ocorrido e tentou “explicar” algumas de suas falas mais polêmicas.

Um dos momentos que mais repercutiu foi quando Taylor Swift se tornou “alvo” do comediante. Koy aproveitou a oportunidade para fazer uma piada sobre o relacionamento da cantora com o jogador de futebol americano Travis Kelce e a presença constante de Swift nos estádios desde o começo do romance.

Continua depois da Publicidade

“Entramos [no ar] depois de uma partida dupla de futebol”, observou o apresentador. “Você sabe a grande diferença entre o Globo de Ouro e a NFL? No Globo de Ouro temos menos câmeras em Taylor Swift”, destacou ele. Enquanto a câmera focava em Taylor, a cantora tomou um longo gole de seu champagne e demostrou pouca reação à brincadeira.

Entretanto, a cena revoltou internautas. “Karma vai morder a bunda de Jo Koy depois da ‘piada’ que ele fez com Taylor, porque karma é o namorado dela, a brisa em seu cabelo em um fim de semana, é um gato ronronando em seu colo porque a ama. Taylor e Karma vibram assim”, escreveu uma usuária do X (antigo Twitter).

Continua depois da Publicidade

“Nunca na minha vida ouvi falar de um Jo Koy, mas de repente estou pronta para fazer campanha para que ele nunca mais trabalhe em Hollywood. Estou farta da misoginia de 2024, quando 2023 foi literalmente o ano da Barbie e Taylor Swift, o ano em que parecia que a feminilidade estava finalmente sendo celebrada”, se revoltou outra.

Outros momentos da noite também forma flagrados pelas câmeras, que mostraram reações negativas ao monólogo do humorista de Emma Stone, Harrison Ford, Helen Mirren, Selena Gomez, bem como o elenco de “Barbie”. O último, por sua vez, também foi alvo de uma piada misógina de Koy, o que foi considerado por muitos o pior momento da noite.

“‘Oppenheimer’ é baseado em um livro de 721 páginas ganhador do Prêmio Pulitzer sobre o Projeto Manhattan, e a ‘Barbie’ é baseado em uma boneca de plástico com peitos grandes. O momento chave na Barbie é quando ela passa da beleza perfeita ao mau hálito, celulite e pés chatos. Ou o que os diretores de elenco chamam de… ator de personagem [um ator especializado em interpretar pessoas excêntricas ou incomuns, em vez de papéis principais]”, disparou ele.

Nas redes sociais, fãs se revoltaram com a fala. “E é por isso que o filme [Barbie] foi feito. Ainda existem homens por aí que existem para derrubar as mulheres e se concentrar na aparência delas, e não em suas realizações”, observou uma internauta. “Nunca ouvi falar de Jo Koy antes, mas acho muito interessante quando as pessoas reduzem a Barbie à fisicalidade literal dela, quando o objetivo do filme é que ela pode ser/é todo mundo/qualquer pessoa, tamanho, cor, etc., uma médica, uma presidente… Quando brincávamos com ela quando criança, nunca era sobre os seios dela”, escreveu outro.

Continua depois da Publicidade

Questionado sobre a má repercussão, o comediante disse ao “Good Morning America” que teve uma “noite ruim” como anfitrião da premiação. “É um trabalho difícil, não vou mentir. Eu queria dar um pouco mais de mim e fiquei um pouco aquém. Isso é tudo”, disse Koy. “É uma audiência difícil. Foi um trabalho difícil, não vou mentir… estaria mentindo se [dissesse] que não dói. Cheguei a um momento em que pensei, ‘Ah.’ Apresentar é apenas uma tarefa difícil. Sim, sou um comediante stand-up, mas essa posição de apresentador é um estilo diferente (…) Me sinto mal, mas ainda posso dizer que adorei o que fiz”, continuou.

Sobre a fala inspirada por Taylor Swift, Jo Koy explicou que o intuito nunca foi tirar sarro da cantora, mas sim da NFL. “Acho que [ficou ruim] quando a [piada sobre] Taylor [Swift] não teve reação… Foi uma piada estranha, eu acho. Mas era mais sobre a NFL… Eu estava tentando tirar sarro da NFL usando cortes e como o Globo de Ouro não precisava fazer isso. Então foi mais um golpe contra a NFL. Mas simplesmente não foi assim”, concluiu.

Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques



Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *