Gisele Bündchen falou abertamente de sua vida pessoal e profissional em entrevista à Vogue Brasil, publicada nesta terça-feira (8). A modelo brasileira refletiu sobre seus quase 30 anos de carreira em um mercado tão volátil como o da moda, e abordou assuntos como sua saúde e o legado que pretende deixar. Ela ainda contou as mudanças de hábitos que precisou enfrentar ao longo do tempo e revelou se voltaria para as passarelas.

“Desde os meus 20 anos, nunca mais voltei a fumar. O cigarro aconteceu na minha vida, pois queria me encaixar em um grupo, em um mundo, que não tinha nada a ver comigo. Tão logo me libertei disso e do mal que fazia, nunca mais voltei. Nos últimos anos, tomava vinho esporadicamente, mas faz quase dois anos que não bebo”, esclareceu.

Continua depois da Publicidade

Atualmente, Gisele adotou uma vida mais saudável. Além do álcool, ela também cortou o café e evita ao máximo, o açúcar. A musa, entretanto, ainda dá umas “escorregadas” na alimentação. “O álcool prejudica a imunidade e, consequentemente, a saúde. Também não bebo mais café. Já o chocolate é um amor antigo, mas, como sei que açúcar não faz bem, como raramente e só chocolate meio amargo, e não aqueles cheio de gorduras e vários ingredientes desconhecidos”, detalhou.

“Posso dizer que o doce é, ainda, onde escorrego às vezes, principalmente quando estou no Brasil, onde tem mil docinhos maravilhosos por todos os lados”, confessou a modelo.

Saúde

Gisele revelou que no início da carreira sofria com ataques de pânico, e a partir daí, decidiu por um estilo de vida mais saudável. “Tive que passar por momentos difíceis para entender a importância de fazer escolhas mais saudáveis para minha vida e fico muito feliz em hoje poder compartilhar isso”, explicou.

Não vejo como uma responsabilidade, mas tenho uma grande vontade de dividir meus aprendizados com o maior número de pessoas possível. Há três coisas que considero fundamentais para me sentir bem: me alimentar de forma saudável, me exercitar diariamente e ter momentos para o descanso da mente e do corpo”, listou a loira.

Separação

A gaúcha ainda falou sobre a separação do ex-marido, Tom Brady, em 2022, e como lidou com o processo. “Sempre confiei que cada situação, não importa o quão desafiadora, tem algo a nos ensinar e acontece para nosso crescimento. Separações nunca são fáceis, especialmente quando existe toda uma mídia especulando cada passo. Procurei focar nos meus filhos, na minha saúde e nos meus projetos e sonhos”, esclareceu.

Situação de abuso

Durante a entrevista, a modelo foi questionada se já sofreu algum tipo de abuso. “Sou abençoada, nunca passei por nenhuma situação em que me senti acuada fisicamente”, respondeu.

Peças de roupas favoritas

Fazendo jus ao tema “clássico”, escolhido para a edição de agosto, Gisele revelou quais são os itens que não podem faltar no seu armário. “Jeans é a minha peça favorita, com certeza. Outra peça clássica que adoro é camisa de linho branca. Também é difícil errar com um vestidinho preto para um look de noite”, opinou.

Carreira

“Acredito que tem muito a ver com a minha personalidade e as escolhas que fiz. Fui fiel aos meus valores e à minha essência, dei sempre o melhor de mim, encarei a profissão de forma séria e fui sempre muito profissional”, explicou. “Sou naturalmente mais reservada e acabei escolhendo trabalhos que achava mais relevantes para me expor. Talvez isso tenha contribuído para a longevidade numa carreira normalmente tão passageira”, continuou.

Gisele ao lado dos filhos e do ex-marido, Tom Brady (Foto: Reprodução/Instagram)

Entretanto, ser uma das modelos mais bem-sucedidas da história teve um preço para Gisele. Segundo ela, foi preciso abrir mão de certas experiências pela carreira. “Na época em que as meninas da minha idade estavam indo para festinhas, curtindo o início da juventude, eu trabalhava 365 dias, voando de país em país e muito sozinha. Sempre me senti muito responsável e fui exigente comigo mesma. Trabalhei muito desde os 14 anos. Não faria nada diferente e sou grata por tudo que vivi e aprendi”, pontuou.

Voltaria para as passarelas?

Bündchen também revelou que encarou mudanças em prol em de sua família. “Mudei de cidade, diminuí o ritmo de trabalho e comecei uma vida. Valeu a pena. Pude viver a maternidade de forma plena e cuidar da minha família”, observou. Questionada se pretende voltar às passarelas, a musa respondeu: “Hoje não é algo que penso em fazer”.

Continua depois da Publicidade

Novo foco

Hoje, a ativista e empresária admite ter novos interesses. “Sou uma eterna estudante da vida, adoro aprender e poder dividir o que me faz bem com as pessoas. No meu livro ‘Aprendizados’, dividi um pouco da minha caminhada de vida. O livro de receitas [seu novo projeto] deve sair no início do ano que vem e quero falar sobre a importância da alimentação saudável. Vou dividir algumas receitas fáceis e saudáveis que fazemos em casa com a intenção de ajudar mães que procuram por opções mais saudáveis para suas famílias”, detalhou Bündchen.

Gisele Bündchen Diabo Veste Prada (2)
Gisele revelou que seu ponto fraco na alimentação são os doces (Foto: Getty Images)

A rainha das passarelas revelou qual legado pretende deixar. “Trabalho em mim mesma todos os dias e coloco todo o meu amor em tudo que faço. Espero poder me tornar uma pessoa melhor e mais consciente e continuar espalhando amor por onde passo”, concluiu.

Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques



Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *