Em 2023, as lingeries deixaram a intimidade e ficaram cada vez mais à mostra. Feitas em diferentes estilos, tamanhos e formatos, as peças de underwear podem surpreender também neste novo ano. Um modelo em questão vrializou, nas redes sociais, nos primeiros dias de 2024: a calcinha antirroubo. Para além de prevenir possíveis furtos, há opções inovadoras criadas com fibras da maconha.

Vem conferir!

Na imagem com cor, mulher branca posa em cima da cama vestindo camisa e calcinha branca - Metrópoles
As calcinhas deixaram o lado convencional e podem ser até ser utilizadas como medidas de segurança

Calcinha antirroubo

Entre os principais desafios para curtir grandes festas e eventos, está a possibilidade de lidar com roubos. Como uma forma de driblar a situação, a psicanalista Mara Gomes compartilhou nas redes sociais um presente inusitado para curtir o Ano-Novo, no Rio de Janeiro.

No vídeo publicado no TikTok, a jovem mostra uma calcinha, mas o detalhe impressiona: uma espécie de bolso para esconder o celular. Intitulada de “antirroubo”, a peça pode ser encontrada em e-commerces como uma alternativa para o público que pretende encarar aglomerações, como o Carnaval, que se aproxima.

Na imagem com cor, calcinha amarela - Metrópoles
A variedade de estilos e tamanhos chama atenção

 

Na imagem com cor, três calcinhas - Metrópoles
As calcinhas à mostra viraram tendência em 2023

 

Calcinhas absorventes - Metrópoles
Como uma forma de prevenção em grandes festas, marcas têm apostado em calcinhas antirroubo

 

Calcinha de cânhamo

A empreendedora Poliana Rodrigues tem contribuído para o debate de assuntos pertinentes na sociedade brasileira. Por meio da FloYou, marca com foco em cuidados menstruais, a empresária lançou uma calcinha absorvente feita a partir de cânhamo, fibra da maconha que resultado em tecidos.

Apesar do cultivo do cânhamo ser vetado no Brasil, a importação dos fios é liberada; oportunidade que Poliana Rodrigues encontrou para inovar no ramo. De acordo com a etiqueta, entre os benefícios da calcinha de cânhamo, estão melhor absorção, resistência três vezes maior e secagem mais rápida.

Na imagem com cor, mulher posa vestindo calcinha e camisa - Metrópoles
Marca brasileira é pioneira em peças feitas com fibras da maconha

 

Na imagem com cor, mulher posa vestindo calcinha e camisa - Metrópoles
A FloYou lançou calcinhas com tecido de cânhamo

 

Na imagem com cor, mulher posa vestindo calcinha e camisa - Metrópoles
O material é importado

 

Na imagem com cor, mulher posa vestindo calcinha e camisa - Metrópoles
A etiqueta é focada em cuidados menstruais

 

O mercado têxtil é um dos mais diversificados na hora de criar opções para o consumidor. Apesar de inusitadas, as calcinhas apresentadas demonstram, em escalas diferentes, realidades e movimentos da sociedade atual.


Veja mais em Metropoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *