in

conheça a história de Anna Wintour

A britânica Anna Wintour foi eternizada no cinema, no filme O Diabo Veste Prada, como Miranda Priestly, interpretada pela atriz Meryl Streep. Apesar de ser uma caricatura, a “personagem da vida real”, um dos nomes mais importantes da indústria da moda, inspira o medo e o fascínio de muitos. A jornalista Amy Odell lançou, neste mês, uma biografia que tenta desvendar o mito.

Vem saber mais!

Giphy/Vogue/YouTube/Reprodução

Oficialmente lançado em 1º de maio, dia do Met Gala de 2022, um dos eventos mais badalados da moda, o livro da jornalista foi chamado de Anna. O título curto e objetivo é porque Anna Wintour dispensa apresentações. Ela é a responsável pela relevância da revista Vogue, pela criação de outros títulos, como a Teen Vogue, e até pela entrada de muitos estilistas na indústria.

São 500 páginas – apesar de mais de 100 serem de notas – desenvolvidas a partir de muitas entrevistas. A lista de fontes ouvidas por Amy Odell foi uma sugestão da própria Anna Wintour, que não “autorizou” de forma oficial a biografia, mas que sinalizou estar ciente ao dar essa ajuda para a jornalista.

Mas, segundo as resenhas de jornalistas críticos do The Guardian e do Washington Post, o livro deixa a desejar. Por não ter conseguido cavar histórias íntimas de sua biografada, o texto acaba ficando na superfície e não desvenda a personagem. A própria Anna Wintour não topou dar entrevista, o que pode ter contribuído para essa lacuna.

Os jornalistas, porém, não jogaram toda a culpa na colega de profissão que se propôs ao desafio de escrever a biografia. Robin Givhan, do Washington Post, escreveu que “as descobertas finais parecem bastante esguias e mundanas, o que pode realmente dizer mais sobre a mitologia em torno de Anna Wintour do que sobre a habilidade da autora”.

Capa do livro que conta a biografia da jornalista de moda e chefe da Vogue, Anna Wintour. A capa do livro é branca com escritos em preto, em uma fonte com serifa, e no centro, está a foto da jornalista. Ela é uma mulher idosa branca, com cabelos curtos e franja na cor louro médio. Usa um óculos escurtos e um vestido colorido.
A biografia “semiautorizada” da Anna Wintour possui 500 páginas e nasceu a partir de 250 entrevistas

 

A jornalista Amy Odell em uma livraria, segurando o livro de sua autoria, uma biografia da chefe da Vogue, Anna Wintour. Amy é uma mulher jovem e branca, com cabelos médios castanhos. Ela usa uma blusa azul e jaqueta de couro preta. Ao fundo é possível ver prateleiras com outros livros.
Acima, a jornalista Amy Odell com uma cópia impressa do livro escrito por ela

 

Os jornalistas Andre Leon Talley e Anna Wintour sentados na primeira fila de um desfile de moda. Ambos trabalham na revista Vogue. Andre é um homem negro e mais velho, com cabelo curto e branco. Usa uma roupa toda preta e, por cima, uma capa estilo toalha da marca Louis Vuitton. Já Anna é uma mulher de meia idade branca, com cabelo chanel louro, e usa um casaco vinho com saia vermelha.
O jornalista Andre Leon Talley, que por anos trabalho com Anna Wintour na Vogue, foi um dos entrevistados para o livro
Mas quem é Anna Wintour?

Jornalista autodidata, Anna não chegou a concluir a faculdade. Em 1970, começou a trabalhar como assistente de moda da revista Harper’s & Queen. O trabalho veio graças a contatos do próprio pai, o também jornalista Charles Wintour, que foi editor-chefe de títulos como o The Guardian e o London Evening Standard.

Passou por outros títulos de moda, até assumir a Vogue inglesa em 1986. Dois anos depois, chegou ao cargo que ocupa atualmente: a chefia da Vogue dos Estados Unidos. Com a chegada da francesa Elle em terras norte-americanas, Anna Wintour recebeu a missão de manter a revista relevante.

Anna Wintour, jornalista de moda e editora da revista Vogue, posando para foto no MET Gala de 2022. Ela é uma mulher idosa branca, com cabelo em corte chanel louro, e uma franja que cobre a testa. Veste uma roupa rosa brilhante, com detalhes de pluma e, na cabeça, uma tiara de diamantes.
Anna Wintour continua a trabalhar incessantemente mesmo aos 72 anos

 

Anna Wintour, jornalista de moda e editora da revista Vogue, andando nas ruas de Nova York em 1991. Ela é uma mulher de meia idade branca, com cabelo em corte chanel louro médio, e uma franja que cobre a testa. Veste uma capa brilhante, preta e dourada, que amarra na cintura.
Anna Wintour possui o mesmo corte de cabelo desde 20 anos e usa roupas parecidas, como se tivesse criado um uniforme

 

Anna Wintour, jornalista de moda e editora da revista Vogue, na escada do MET Gala em 2022. Ela é uma mulher idosa branca, com cabelo em corte chanel louro médio, e uma franja que cobre a testa. Veste um casaco branco com desenhos em azul, da marca Dior, e óculos escuros. Segura um copo de café da empresa Starbucks.
Segundo o Washington Post, “ela é uma pessoa de negócios sagaz, embora nem sempre tão sensível ou empática quanto a sociedade espera que uma mulher seja”

A estratégia foi assertiva: começou a substituir modelos na capa da Vogue por mulheres proeminentes. De políticas como Hillary Clinton até artistas como Angelina Jolie, Madonna e Rihanna, a publicação passou a ser referência de classe e um símbolo do “cheguei no topo da carreira”.

Ao longo dos anos, Anna Wintour ganhou a fama de ser uma mulher fria que não tem medo de agir para manter o próprio trabalho em ordem. Ao que parece, precisou criar uma espécie de casca para se manter blindada do que acontece em volta. Há anos, mantém o mesmo estilo e até o mesmo corte de cabelo. É famosa por estar sempre de óculos escuros. 

A ex-primeira dama e ex-candidata à presidência da república dos Estados Unidos, Hillary Clinton, em capa da revista Vogue de 1998. Ela é uma mulher idosa de pele clara e cabelos curtos e louros. Na foto, ela está sentada em um sofá vermelho e usa um vestido longo preto.
Em 1998, Hillary Clinton foi capa da Vogue enquanto era primeira-dama. Segundo as fontes de Amy Odell, Anna Wintour chorou quando Hillary perdeu a disputa à presidência para Donald Trump

 

A cantora Madonna na capa da revista Vogue dos Estados Unidos em 1989. Ela posa para foto em uma piscina, de cabelos castanhos molhados, batom vermelho e um maiô branco.
A primeira vez que Madonna foi capa da Vogue foi justamente na gestão da norte-americana, em 1989

 

A cantora Rihanna na capa da Vogue dos Estados Unidos em 2016. Na foto, ela está saindo da água, em um lago, com um vestido rente ao corpo. A peça possui um forro preto e, por cima, é de paetês coloridos.
A cantora Rihanna é queridinha de Anna Wintour! Além de sempre marcar presença no Met Gala, acumula diversas capa da Vogue
Curiosidades

As resenhas deixaram claro que, para quem ama fofocas suculentas, a biografia é um prato cheio. As mais de 250 entrevistas feitas pela jornalista Amy Odell resultaram em diversas anedotas. Um exemplo? Quando Anna Wintour trabalhou na New York Magazine, levou sua própria mesa e cadeira porque não gostava dos móveis da redação.

Meticulosa, a jornalista solicitou que o departamento de fotografia da Vogue “retocasse a gordura” ao redor do pescoço de um neném. Mas Serena Williams, por sua vez, mostrou que ela tem outra faceta. Quando a tenista estava passando por um momento difícil na carreira, venceu um Torneio de Wimbledon após uma conversa de incentivo com Anna.

A tenista Serena Williams e a editora da Vogue dos Estados Unidos, Anna Wintour, na Semana de Moda de Nova York em 2010. Elas estão conversando em clima de descontração.
A tenista Serena Williams e Anna Wintour na Semana de Moda de Nova York em 2010. Elas são vistas juntas sempre em eventos e nas primeiras filas dos principais desfiles

 

A editora da revista Vogue dos Estados Unidos, Anna Wintour, e o estilista Karl Lagerfeld nas ruas de Nova York em 1990. Ela, uma mulher branca de meia idade, com cabelos curtos, usa um vestido brilhoso prateado e colar na mesma cor. Ele, um homem mais velho, branco e de cabelos grisalhos, usa calça e blazer pretos e uma camisa branca.
Amigos de longa data: Anna e Karl Lagerfeld curtindo a noite nova-iorquina em 1990

 

A ex-primeira dama dos Estados Unidos, Hillary Clinton, em evento com Anna Wintour, editora de moda da revista Vogue. Ela estão em um evento do estilista Oscar de La Renta, em 2017. As duas são mulheres idosas, de pele branca, com cabelo curto e louro.
Quem é próximo de Anna Wintour a descreve como uma pessoa doce e querida
Serviço

Apesar de não estar à venda em livrarias no Brasil, é possível achar a biografia na versão internacional do site da Amazon. O livro também está disponível para Kindle, o leitor de livro digital da empresa. 

 

Para outras dicas e novidades sobre o mundo da moda, siga @colunailcamariaestevao no Instagram. Até a próxima!

Colaborou Carina Benedetti


Veja mais em Metropoles

Pantanal: Velho do Rio revela grande segredo de José Leôncio e faz pedido inesperado para Juma; saiba tudo!

Mulher traída reencontra ex-marido após viralizar com recado colado em carro, e revela desfecho!