Hablou! No “Mais Você” desta quarta-feira (13), Yasmin Brunet analisou sua participação no “Big Brother Brasil 24“. Durante a conversa com Ana Maria Braga, a modelo admitiu que estava perdida no jogo, afirmou que todos os confinados estão cientes sobre o favoritismo de Davi Brito e negou que tenha sido racista com o baiano. A loira também confessou que ficou “aliviada” ao ser eliminada e abordou a expulsão de Wanessa Camargo, sua principal aliada no reality.

Davi favorito

No matinal, Yasmin garantiu que tinha certeza da eliminação, principalmente pelas tretas que protagonizou com Davi na casa. “Eu tinha certeza absoluta que eu ia sair, intuição. Sabia que o Davi era o preferido, todo mundo lá dentro sabe que o Davi é o preferido. E saber que eu tive embate justamente com o preferido, eu sabia que isso ia me tirar da casa”, disse.

“Mas me explica como as pessoas lá dentro, que não têm nenhuma informação de fora, tem certeza que o Davi é o preferido?”, questionou a apresentadora. “Eu não sei te dizer como, mas todo mundo na casa sabe. Não sei se foi por ele voltar tantas vezes do paredão, não sei o que aconteceu, mas todo mundo sabe”, respondeu a modelo.

Ela relatou, ainda, que em alguns momentos, acabou sendo “influenciada” pela opinião de outros brothers: “Mais pro final, eu já estava perdida de mim mesma, queria ter ouvido mais minha própria intuição e não ter sido levada por terceiros, por coisas que ouvi de terceiros e não tinha como confirmar se eram verdade ou não”.

A expulsão de Wanessa Camargo

No “Mais Você”, Yasmin Brunet foi confrontada sobre a expulsão de Wanessa Camargo, após um embate com Davi. Para Ana Maria, a filha de Luiza Brunet disse que concordou com a decisão do reality. “Eu imaginei que pudesse acontecer quando eu desci para entregar as roupas e vi ele (Davi) conversando com a Cunhã e com o Matteus”, lembrou, ao assistir à cena que originou a expulsão.

“Não posso falar pela Wanessa, mas realmente o jogo tem regras e realmente ela infringiu uma delas. Ele tem todo direito de se sentir assim, assim como ele se sentiu. Infelizmente, ela foi eliminada do jogo”, analisou.

Ela também assistiu ao mais recente relato de Wanessa, no qual a cantora pediu desculpas por suas ações dentro do “BBB 24” e afirmou que seu comportamento com Davi se enquadra no racismo estrutural. Yasmin, porém, apontou que seus problemas com o baiano foram motivados apenas pela convivência. “Eu tenho noção total do meu privilégio, mas eu sei que meu problema com o Davi foi um problema de convivência, isso eu tenho certeza absoluta. Meu problema com ele foi exclusivamente de convivência”, afirmou.

Continua depois da Publicidade

A Eliminação

Na berlinda contra Lucas Henrique e Isabelle, Brunet saiu com 80,76% dos votos. Apesar da “rejeição”, ela afirmou que ficou aliviada com a saída. “Aconteceram algumas coisas que eu comecei a sentir que eu tava me perdendo de mim. Não tava conseguindo mais seguir minha intuição, não tava entendendo muito bem o que tava acontecendo! Estava ficando muito triste, tava mexendo muito com a minha cabeça. Lá dentro é como se fosse um universo paralelo, uma coisa que eu nunca imaginei que seria”, explicou.

“É muito diferente você assistir o BBB de fora e você viver o BBB de dentro. Foi um certo alívio de poder respirar novamente, voltar pra mim, encontrar com as pessoas que me conhecem melhor do que ninguém e voltar para o meu eixo”, acrescentou.

Yasmin também reforçou que foi proibida pela produção de continuar com o plano de colocar a casa inteira no “Tá com Nada”. “Quando faltava muito pouco, eu comecei a tomar estalecada propositalmente para que virasse logo para o ‘Tá com Nada’, para que o próximo líder tivesse uma liderança com comida, e não fosse todo mundo para o ‘Tá com Nada’ durante a próxima liderança, que a gente nem sabia de quem seria. Foi isso que aconteceu. Mas não me permitiram continuar”, mencionou.

Continua depois da Publicidade

Papo sobre seu corpo

A apresentadora exibu novamente o VAR do papo entre Rodriguinho, Nizam, Lucas Pizane e Vinicius Rodrigues sobre as mulheres do reality. “Eu tinha consciência que na casa estavam me passando a versão leve dos fatos. Eu perguntei muito pro Rodriguinho o que tinha acontecido, porque eu confiava muito nele, considerava ele um dos meus aliados. Foi uma grande decepção pra mim, porque eu cheguei a perguntar e ele sempre dizia que não lembrava, que não tinha participado da conversa, que se fosse alguma coisa muito pesada ele lembraria. Então quando eu vi isso, me decepcionei absurdamente com ele”, afirmou.

Yasmin também reagiu ao pedido de desculpas do pagodeiro. “Eu entendo quando ele diz que lá dentro a gente esquece as coisas, porque de fato a gente esquece. Mas eu não sei se ele esqueceu, se ele quis esquecer. Eu sinto uma grande decepção porque ele é uma pessoa que eu realmente gostei muito, de cara, quando eu conheci. É uma pessoa que eu conversaria depois pra entender, pra me resolver, assim como eu conversaria com qualquer pessoa da casa que eu tive embate – porque pra mim o que aconteceu na casa vai ficar na casa, é um jogo que mexe muito com as nossas emoções”, desabafou.

“Mas isso não tira a culpa dele do que ele falou. Acho que é muito perigoso você falar essas coisas, não se deve jamais falar do corpo de outra mulher. Acho extremamente machista, acho absurdamente desnecessário. As mulheres já vivem sob grande pressão de ter o corpo de uma certa forma, de estar sempre bem, sempre seguindo certos padrões. E ouvir um homem falar isso, ainda mais casado e com filhas como ele disse, que deveria entender essa pressão, me decepciona muito”, concluiu.

Continua depois da Publicidade

Opinião sobre outros participantes

Ao analisar o comportamento de outros participantes, a integrante do Camarote colocou Leidy como “parceira”, Alane como “chata e aproveitadora” e Davi como “jogador e chato”. “Sigo achando ele chato, mas é jogador”, disparou.

Ela também opinou sobre os embates que teve e a quantidade de palavrões. “Não me orgulho dos palavrões! Com certeza é um péssimo hábito que eu tenho. Não foi só com o Davi que eu usei palavrões, inclusive falei até no ao vivo. Quando eu fico nervosa, com certeza. Mas eu não me orgulho de ter me exaltado em muitos momentos, de ter exagerado em muitos momentos. Falado coisas que eu não me orgulho e que, se pudesse voltar atrás, com certeza não seria dessa forma”, justificou.

Continua depois da Publicidade

Vida amorosa

Ana Maria Braga também jogou uma sementinha para saber como anda o coração de Yasmin Brunet, mas a ex-sister garantiu que segue solteiríssima. “Ainda não tenho planos [para a carreira]. Acabei de sair da casa, nem dormi, não consegui pensar em nada e nem assistir nada. Esse planejamento vai ter ficar um pouquinho pra frente, até eu me reestruturar no mundo real”, refletiu. “Sente falta do namorado?”, questionou a apresentadora.

“Mas eu não tenho namorado, Ana”, respondeu a modelo. “Mas de ter um namorado”, explicou a global, aos risos. “Às vezes eu sinto, mas eu me amo solteira. Eu aprendi a me amar mais nesse tempo solteira, aprendi a me entender mais, aprendi a me dar mais carinho. Eu não preciso de homem”, ponderou Yasmin.



Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques



Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *