ACABOU O MISTÉRIO! Após muita expectativa e especulação, finalmente sabemos quem são os participantes do “Big Brother Brasil 24“! Nesta sexta-feira (5), ao longo da programação, a TV Globo anunciou os novos moradores da casa mais vigiada do país e que disputarão o prêmio que, neste ano, pode chegar a R$ 3 milhões.

Com a estreia marcada para o dia 8 de janeiro, uma semana mais cedo do que as edições anteriores, a atração promete uma série de novidades! Uma delas é a disputa que acontece, neste domingo (7), entre 14 esperançosos, que vão disputam duas vagas no programa. A escolha, no entanto, será do público, que deverá votar no Gshow para que seus favoritos se unam ao grupo oficial no confinamento.

Os 12 concorrentes restantes poderão disputar seis outras vagas para entrar no jogo. Na dinâmica, os 18 confinados vão escolher os seis brothers ou sisters. Ao todo, serão 26 participantes no início da temporada.

A apresentação fica novamente por conta de Tadeu Schmidt. Novos quadros de humor, comandados pelos humoristas Luis Miranda e Marcos Veras, devem entrar na grade. Miranda comentará as tretas, dramas e acontecimentos da casa no “Big Babado”, enquanto Veras será um espião da bagunça no quadro “Vamo invadir sua casa”.

Continua depois da Publicidade

Assim como nas últimas edições, o reality repete sua fórmula e traz um elenco formado pelo grupo “pipoca” (inscritos no programa) e “camarote” (famosos e personalidades já conhecidas do público). Entretanto, o Big Boss já anunciou uma novidade: o grupo “puxadinho”, que deve ser formado pelos esperançosos que disputarão as vagas restantes. Boninho também já confirmou que a edição terá participantes “mais populares”. Os sistemas de votação também serão bem diferentes e você pode conferir todas as informações sobre isso clicando aqui.

A gente mal pode esperar para ver a reação dessa galera ao entrar na casa dia 8 de janeiro, quando estreia o reality global! Confira os novos participantes do “BBB 24”:

Camarote – Os famosos

MC Bin Laden – Camarote

MC Bin Laden tem 30 anos e é natural de São Paulo, capital. Representante do funk paulista da Zona Leste, é cantor e compositor. Antes da fama, viveu grandes dificuldades financeiras. Foi vendedor na Rua 25 de Março e trabalhou ofertando produtos de porta em porta. O sucesso da música “Bin Laden não morreu” deu origem a seu nome artístico. Aos 18 anos, a música “Bololo haha” estourou sua carreira. Na sequência, o hit “Tá tranquilo, tá favorável”, em 2015, atingiu o grande público e seu clipe viralizou na internet. Com a notoriedade nacional, participou de programas de TV e subiu ao palco de festivais nacionais e internacionais.

Conta que, graças à música, viajou para lugares em que nunca imaginou estar e realizou grandes sonhos, como o de conhecer o estádio do Santos – antes, só acompanhava os jogos do time pelo rádio de pilha de seu avô. Considera-se destemido e credita a característica às situações adversas que precisou enfrentar na vida. “Prefiro curtir e tirar onda a ficar reclamando. Passei dificuldades, mas sempre soube que as coisas iam mudar e dar certo”, afirma. Nas horas vagas, prefere estar com a família, reunir os amigos e fazer um churrasco. “Minha maior conquista é ver a minha família bem e com comida na mesa”, aponta. Também diz que é muito sincero e que não gosta de fofoca e falsidade.

Pipoca – Os inscritos

Leidy Elin – Pipoca

A sister Leidy Elin tem 26 anos e é de São Gonçalo, no Rio de Janeiro. Quando tinha oito anos e com o falecimento de seu pai, sua mãe passou a criá-la sozinha e foi neste período que começaram a ter dificuldades financeiras. Para ajudar a família, trabalha desde os 14. Sua primeira profissão foi a de manicure e, na mesma época, aprendeu a fazer cabelos e sobrancelha. Hoje, para pagar a faculdade de Direito e complementar a renda de casa, é operadora de caixa e trancista. Quando necessário, vende copos em estádio de futebol. “Faço de tudo um pouquinho. Se tem dinheiro, eu estou indo”, disse ela. Foi noiva por cinco anos, mas está solteira desde que descobriu que foi traída.

Sua diversão favorita são rodas de pagode e baile charme. Considera-se compreensiva, comunicativa e conta que faz amigos facilmente, mas admite que não gosta de levar “nãos”. O lado explosivo aflora quando precisa lutar por seu ponto de vista, segundo ela. “Eu não faço a ‘boa moça’ para ninguém. Nem para a minha mãe, que sabe a filha que tem”, declara. Fala que ama cozinhar, mas arrumar a casa não está entre suas tarefas prediletas. Acredita que seu jeito reto e debochado de falar pode afastar alguns, mas não se preocupa: “Acham que eu sou espalhafatosa. Eu não estou nem aí, amigo de todo mundo não é amigo de ninguém”.

Leidy Elin, do grupo Pipoca. (Foto: Globo)

Puxadinho – Os escolhidos

*Esta matéria está em atualização

Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques

Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *