Uma “caça ao tesouro” acabou em morte na cidade de Ipatinga (MG), nesta quinta-feira (4). Um idoso de 71 anos não resistiu aos ferimentos e morreu após cair em um buraco de 40 metros que cavou dentro da própria casa. Segundo testemunhas, João Pimenta da Silva abriu o buraco porque sonhou que havia ouro debaixo da residência. O sonho revelou ao idoso que cavasse exatamente no piso da área de serviço.

O Corpo de Bombeiros relatou que o homem começou a cavar há cerca de quatro meses. O buraco tinha, aproximadamente, 90 cm de diâmetro e, pelo menos, 40 metros de profundidade, equivalente à altura de um prédio de 12 andares.  

O acidente aconteceu quando o homem foi sair do buraco, no início da tarde de quarta. No momento em que estava trabalhando na retirada de água e lama, ele escorreu e caiu no fundo do poço. Conforme divulgado pela corporação, ainda não se sabe quanto tempo durou todo o processo, nem como ele articulou a escavação que foi montada no piso da cozinha.

Buraco de 40 metros na casa do idoso. (Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)
Continua depois da Publicidade

Os bombeiros foram acionados para o resgate e, utilizando EPIs, além de um cilindro de oxigênio em função de possíveis riscos respiratórios, retiraram o idoso já sem vida do local. Ele teve politraumatismo, fraturas expostas nas duas pernas, fratura de quadril, laceração do abdômen e tronco, TCE grave e escoriações generalizadas. Quando foi encontrado, o homem já estava sem sinais de vida.

Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques

Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *