Alexandre Correa acusou Ana Hickmann de alienação parental por impedir que o filho de 9 anos passe o período de férias com ele. Segundo informações do Notícias da TV, os advogados do empresário afirmaram que a apresentadora descumpriu uma decisão judicial e pediram a prisão em flagrante dela nesta quarta-feira (3).

Em documentos obtidos pelo veículo, os defensores de Correa exigiram que sejam tomadas as medidas necessárias para que o menino seja entregue ao genitor imediatamente. Os advogados relataram que Ana teria se recusado a entregar o herdeiro, que deveria ficar com o pai entre os dias 3 e 10 de janeiro, sendo “retirado” às 09h e devolvido às 18h pelos avós paternos.

Ainda segundo eles, a apresentadora teria permitido apenas um “rápido encontro para um lanche” no final da tarde. Ela teria alegado que viajaria para a praia com amigos e levaria o filho. O empresário também relatou ter tentado acionar a polícia e o Conselho Tutelar para denunciar o descumprimento da decisão, mas não conseguiu completar a ligação.

Não resta outra saída para o requerente senão recorrer novamente ao Poder Judiciário para que a requerida cumpra com a lei e permita a convivência entre pai e filho, conforme já foi determinado pela Justiça, bem como para que ocorra a prisão em flagrante dentro do período de 24 horas“, solicitaram Diva Carla Bueno Nogueira e Enio Martins Murad, advogados do escritório Bueno Nogueira, segundo o veículo.

Continua depois da Publicidade

Os defensores ainda afirmaram que Ana “acredita ser imune às determinações bem como isenta das penas legais” por ser uma pessoa famosa e teria adotado uma conduta de descaso com as ordens judiciais. De acordo com o Notícias da TV, a estrela já havia voltado atrás depois de marcar um encontro entre o ex-marido e o filho, e pode estar cometendo duas infrações legais: alienação parental e desobediência legal de ordem de funcionário público.

Ainda segundo o veículo, a juíza Andrea Ribeiro Borges, da 1ª Vara Criminal e de Violência Doméstica e Familiar de Itu, já esclareceu que a medida protetiva que ela mesma concedeu a Ana, proibindo Alexandre de se aproximar ou falar com ela, não tirava o direito dele de visitar o filho. A magistrada explicou que as visitas devem ocorrer sem contato entre o ex-casal.

Alexandre Correa acusa Ana Hickmann de alienação parental e pede prisão em flagrante. (Foto: Reprodução/Instagram)

Na manhã desta quinta-feira (4), a assessoria da estrela se pronunciou sobre o assunto e, para o Notícias da TV, informou que houve mudanças nas datas em que o pequeno ficará com o ex-marido. “Foi acordado entre os advogados de Ana Hickmann e Alexandre Correa, doutor Guilherme Valdetaro e doutora Diva Carla Bueno Nogueira, respectivamente, a transferência do período de férias de Alexandre Hickmann Correa com o pai para os dias 9 a 17 de janeiro. A determinação será cumprida, conforme alinhada entre ambas as partes“, informou em nota.

Continua depois da Publicidade

Ana Hickmann x Alexandre Correa

Em novembro do ano passado, a apresentadora registrou um boletim de ocorrência em que acusa o ex-marido de lesão corporal e violência doméstica. De acordo com o registro, a Polícia Militar foi acionada após uma briga entre o ex-casal em Itu, interior de São Paulo. Ana afirma que Alexandre não teria gostado do conteúdo de uma conversa entre ela e o filho. Ele, então, teria a repreendido e machucado o braço da artista. O momento foi testemunhado por duas funcionárias.

Correa negou as acusações, mas voltou atrás e admitiu um “desentendimento”. Dias depois, Hickmann deu uma entrevista ao “Domingo Espetacular”, da Record, expôs descobertas sobre o ex-marido e citou uma investigação por “fraude, desvios e falsidade ideológica”.

Siga a Hugo Gloss no Google News e acompanhe nossos destaques

Veja mais em HugoGloss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *